Início » Internacional » Israel ordena detenção administrativa de judeu
Ataques recentes

Israel ordena detenção administrativa de judeu

O ministro da Defesa assinou a ordem que vai manter Mordechai Meyer na prisão por seis meses sem acusações ou julgamentos

Israel ordena detenção administrativa de judeu
Israel lançou uma ofensiva contra militantes judeus após dois ataques mortais na semana passada (Foto: Pixabay)

Pela primeira vez um israelense vai ficar sob detenção administrativa desde que o país lançou uma ofensiva contra militantes judeus após dois ataques mortais na semana passada. O ministro da Defesa de Israel, Moshe Yaalon, assinou a ordem que vai manter o extremista judeu na prisão por seis meses, sem acusações ou julgamento.

Esta medida, conhecida como a detenção administrativa, geralmente é aplicada a prisioneiros palestinos presos por meses ou anos sem julgamento. Em comunicado, o escritório do ministro da Defesa disse que Mordechai Meyer foi preso por ligações com “atividades violentas e ataques terroristas recentes.”

Na semana passada, suspeitos extremistas judeus queimaram uma casa na Cisjordânia, matando um bebê palestino. Além disso, dois adolescentes foram mortos pelas forças israelenses em protestos contra a morte do bebê. Um dia antes da morte, um homem ultraortodoxo esfaqueou participantes da Parada do Orgulho Gay de Jerusalém, matando uma adolescente de 16 anos.

Fontes:
O Globo-Israel ordena detenção administrativa a colono judeu pela primeira vez

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *