Início » Internacional » Itália acusa Sarkozy e Bruni de pressionarem Brasil a dar asilo a ex-terrorista
Caso Battisti

Itália acusa Sarkozy e Bruni de pressionarem Brasil a dar asilo a ex-terrorista

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, e sua esposa, a franco-italiana Carla Bruni, foram acusados pelo o subsecretário de Relações Exteriores da Itália, Alfredo Mantica, de terem pressionado o Brasil a dar asilo político ao ex-terrorista Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua por quatro assassinatos na Itália 

Carla Bruni, em entrevista à emissora RAI, negou veementemente a acusação, que classificou como calúnia. A primeira-dama francesa disse estar contente por ter a oportunidade de esclarecer os fatos e deixar claro principalmente aos familiares das vítimas de Battisti que não teve qualquer participação no caso.

Fontes:
Estadão - Itália acusa França de influência no caso Battisti

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *