Início » Internacional » Japão registra declínio populacional recorde em 2018
RELATÓRIO

Japão registra declínio populacional recorde em 2018

A baixa taxa de natalidade e o número elevado de mortes no Japão causaram um declínio populacional recorde no ano passado

Japão registra declínio populacional recorde em 2018
Japão também registrou uma baixa taxa de natalidade (Fonte: Reprodução/Pixabay)

De acordo com um relatório divulgado pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, além do declínio populacional recorde em 2018, o Japão também registrou uma baixa taxa de natalidade, com o nascimento de 921 mil crianças, o menor número desde o início da coleta de dados em 1899.

O número de recém-nascidos sofreu uma redução de 25 mil em relação a 2017 e, pelo terceiro ano consecutivo, manteve-se abaixo do nível de 1 milhão.

As mortes em 2018 também atingiram um recorde de 1.369 milhões, o que resultou em um declínio populacional de 448 mil pessoas.

O Japão, com uma população de mais de 20% de pessoas com idade superior a 65 anos, tem 124 milhões de habitantes, mas segundo estimativas esse número se reduzirá para cerca de 88 milhões em 2065.

Com o objetivo de evitar que a população se reduza a menos de 100 milhões em 2060, o primeiro-ministro Shinzo Abe adotou uma série de medidas. Em 2017, o governo alocou uma verba de 2 trilhões de ienes (US$ 18 bilhões) a fim de expandir o número de escolas gratuitas para crianças de 3 a 5 anos e diminuir o tempo de espera da matrícula de crianças com 2 anos ou menos em creches. O projeto visa atender famílias de menor poder aquisitivo e, assim, incentivá-las a terem mais filhos.

 

Fontes:
CNN - Japan suffers biggest natural population decline ever in 2018

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *