Início » Internacional » #JeSuisCharlie dá lugar a #NotinMyName e #IAmAMuslim
MUÇULMANOS PELA PAZ

#JeSuisCharlie dá lugar a #NotinMyName e #IAmAMuslim

Muçulmanos em todo o mundo recorrem às redes sociais para condenar os atentados em Paris e mostrar repúdio ao Estado Islâmico

#JeSuisCharlie dá lugar a #NotinMyName e #IAmAMuslim
Muçulmanos estão mostrando que os terroristas não são parte do Islã (Foto: Wikipedia)

Líderes muçulmanos de todo o mundo estão condenando os ataques terroristas que atingiram Paris na sexta-feira, 13, à noite, expressando indignação e choque com os atentados simultâneos que deixaram pelo menos 120 mortos e centenas de feridos.

A manifestação de apoio às vítimas e o desgosto frente aos ataques começaram antes mesmo de o Estado Islâmico, grupo terrorista que aterroriza vastos territórios do Iraque e da Síria, assumir  a responsabilidade pelo massacre. Imãs muçulmanos, acadêmicos, comentaristas e muçulmanos comuns expressaram pesar e horror através das redes sociais. A Comunidade muçulmana Ahmadiyya, um movimento islâmico fundado na Índia britânica no século 19, divulgou um comunicado condenando os “ataques bárbaros”.

Leia também: Investigações apontam belga como mentor dos ataques

Na Irlanda, o imã do Centro Islâmico Al-Mustafa e Presidente do Conselho de Paz e Integração Muçulmana ofereceu orações para as vítimas e julgou improcedentes as reivindicações ao Islã feitas pelos terroristas.

“Meus pensamentos e orações estão com o povo de Paris e qualquer outro lugar na terra atormentado por homens doentes com armas e bombas”, disse o imã Umar Al-Qadri. “Os terroristas não têm religião alguma. Sua religião é a intolerância, o ódio à Paz “.

Muitos muçulmanos recorreram ao Twitter para mostrar seu apoio aos parisienses e mostrar que os terroristas não são parte do Islã.

As hashtags #NotInMyName e #IAmAMuslim estão sendo usadas para dizer que os extremistas não serão tolerado e suas mensagens de ódio contradizem as mensagens de paz que os muçulmanos querem promover.

Fontes:
Telegraph - "Not in my name" - Muslims speak out against Paris attacks conducted in the name of Islam
Think Progress - Muslims Around The World Condemn Paris Attacks Claimed By ISIS

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *