Início » Internacional » Jihadistas atacam principal refinaria de petróleo do Iraque
Tensão no Iraque

Jihadistas atacam principal refinaria de petróleo do Iraque

Rebeldes sunitas invadiram a refinaria, localizada na cidade de Baiji, incendiaram depósitos e prometeram arrasar Bagdá e o governo xiita do país

Jihadistas atacam principal refinaria de petróleo do Iraque
ONU classificou os ataques do ISIS como uma ameaça vital ao Iraque (Reprodução/Reuters)

Jihadistas do grupo sunita Estado Islâmico do Irã e da Síria (ISIS) atacaram nesta quarta-feira, 18, a principal refinaria do Iraque, localizada na cidade de Baiji, a 200 km ao norte de Bagdá. Os rebeldes invadiram as instalações, confrontaram as forças de segurança do local e incendiaram depósitos.

Leia mais: EUA não planejam ação conjunta com o Irã no Iraque, diz Pentágono
Leia mais: ISIS: uma Al Qaeda mais violenta avança no Oriente Médio
Leia mais: Rebeldes curdos e grupos radicais tomam o controle do norte do Iraque

Apesar disso, órgãos responsáveis pela produção de petróleo no Iraque declararam que as consequências do ataque serão limitadas, pois a maioria da produção de petróleo do Iraque está no sul do país, longe das ofensivas jihadistas. O Iraque é o segundo maior exportador da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), atrás apenas da Arábia Saudita.

O ataque à refinaria é mais uma ofensiva dos ISIS, que prometeu atacar áreas estratégicas do Iraque para arrasar Bagdá e o governo xiita do primeiro-ministro Nouri al-Maliki.

Também nesta quarta-feira, rebeldes tomaram mais três povoados no norte do país, deixando pelo menos 20 civis mortos.

Os conflitos internos no Iraque preocupam a comunidade internacional, que vem discutindo formas de conter a ação dos jihadistas no país. A Arábia Saudita alertou para a possibilidade de uma guerra civil no Iraque, enquanto o Irã prometeu “fazer o possível para ajudar a proteger os lugares santos do país”. Já os EUA ainda estão estudando as opções para ajudar o Iraque. A ONU classificou os ataques do ISIS como uma ameaça vital ao Iraque que pode desestabilizar a região.

Fontes:
O Globo-Jihadistas atacam principal refinaria de petróleo do Iraque

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *