Início » Internacional » John Kennedy anuncia o embargo econômico a Cuba
Nesta Data

John Kennedy anuncia o embargo econômico a Cuba

No dia 3 de fevereiro de 1962, os EUA deram início ao bloqueio que definhou a economia cubana

John Kennedy anuncia o embargo econômico a Cuba
Combate ao comunismo levou os Eua a restringir as relações comerciais com o país (Foto: Reprodução/Internet)

Em 1959, a Revolução Cubana tirou do poder Fulgencio Batista e colocou Fidel Castro em seu lugar. Em um contexto de Guerra Fria, as atitudes do governo de Fidel se aproximavam do modelo adotado pela União Soviética (USSR).

A reforma agrária e a nacionalização de indústrias indicaram um governo comunista no país, o que alertou os americanos. Com isso, gradualmente, os EUA começaram a restringir relações comerciais com a ilha. No dia 3 de fevereiro de 1962, o presidente americano John F. Kennedy anunciou a imposição do embargo econômico a Cuba. O bloqueio tornou-se lei nos anos 1990.

Na época os americanos eram os principais compradores do açúcar cubano, a perda dessa renda ameaçou jogar a ilha numa grave crise econômica. Por interesses políticos, a USSR passou a comprar produtos cubanos por altos preços. Com o fim da URSS, Cuba entrou em crise e viu sua economia definhar.

O embargo se mantém até os dias atuais, mas, em dezembro de 2014, os presidentes Barack Obama e Raul Castro, deram início à retomada das relações diplomáticas, o que deve dar fim ao bloqueio.

Fontes:
Época-ENTENDA COMO COMEÇOU O EMBARGO ECONÔMICO DOS EUA A CUBA

1 Opinião

  1. Roberto1776 disse:

    Examinando o bloqueio a partir de 2015, sem dúvida teria sido infinitamente melhor (para os cubanos) se os EUA tivessem acabado com a farra castrista em 1964.
    Mais uma vez venceu a porcaria conhecida com POLITICAL CORRECTNESS e o povo cubano perdeu mais de 50 anos. Imagine só quem nasceu em 1959 na ilha. Uma vida inteira jogada no lixo por causa de um comunista desgraçado.
    Espero que as forças do mal estejam atentas ao desencarne deste verme e lhe propiciem uma excelente estada no inferno!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *