Início » Internacional » Jovens estão descontentes com a cobertura midiática sobre as manifestações de Baltimore
Baltimore

Jovens estão descontentes com a cobertura midiática sobre as manifestações de Baltimore

Uma pesquisa destaca uma grande diferença na opinião de jovens e americanos mais velhos

Jovens estão descontentes com a cobertura midiática sobre as manifestações de Baltimore
A pesquisa destaca uma grande diferença entre gerações (Foto: Pixabay)

Recentemente, a agitação que percorreu as ruas de Baltimore dominou o noticiário, mas muitas pessoas não gostaram de como as manifestações foram cobertas na mídia americana. De acordo com uma nova pesquisa do Pew Research Center, jovens sentiam que muita da atenção foi dada a motins, enquanto poderia ter sido dada aos protestos não-violentos que também ocorreram.

Os números da Pew são intrigantes, já que a pesquisa destaca uma grande diferença entre gerações. Americanos mais velhos viveram o movimento dos direitos civis e testemunharam tumultos durante a década de 1960, enquanto os americanos mais jovens estão mais familiarizados com o Ocupe Wall Street e com uma série de manifestações que ocuparam diversas cidades contra a forma como os policiais usam a força contra homens e meninos negros.

A relação à situação em Baltimore, a pesquisa revelou que os jovens realmente não veem os protestos e a cobertura midiática da mesma forma que os mais velhos. Mais da metade das pessoas entre 18 e 29 anos dizem que a atenção dada aos protestos não-violentos foi muito pequena; esse número é muito menor para cada grupo de idade mais avançada, com um terço dos americanos mais velhos dizendo que estas manifestações tiveram o nível certo de cobertura.

A faixa etária mais velha, formada por pessoas de 65 anos ou mais, já são muito menos propensas a dizer que a atenção dada aos protestos não-violentos foi pequena. Apenas 17% deles se sentem dessa forma, o que equivale a menos de um terço do número de jovens de 18 a 29 anos que dizem a mesma coisa.

Fontes:
The Washington Post-Young Americans were pretty unhappy with how the media covered the Baltimore protests

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *