Início » Internacional » Julian Assange é condenado a 50 semanas de prisão
FUNDADOR DO WIKILEAKS

Julian Assange é condenado a 50 semanas de prisão

Fundador do Wikileaks foi sentenciado por ter violado medida de coação

Julian Assange é condenado a 50 semanas de prisão
O fundador do WikiLeaks foi detido no último dia 11 de abril pela polícia britânica (Fonte: Reprodução/Twitter/@wikileaks)

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi condenado nesta terça-feira, 30, a 50 semanas de prisão (cerca de 11 meses e meio) por um tribunal de Londres. A sentença termina no meio de abril de 2020.

Assange foi sentenciado por ter violado uma medida de coação de liberdade ao ter se refugiado, em 2012, na Embaixada do Equador em Londres para evitar sua extradição para a Suécia.

O fundador do WikiLeaks foi detido no último dia 11 de abril pela polícia britânica dentro da Embaixada do Equador em Londres após o presidente equatoriano ter anunciado que iria retirar o asilo diplomático concedido ao ativista. O presidente Lenín Moreno justificou a medida por Assange “violar reiteradamente convenções internacionais e protocolo de convivência”.

De acordo com a agência de notícias Reuters, a Justiça britânica ressaltou, na sentença desta terça-feira, que “é essencial que ninguém esteja acima ou além do alcance da lei”.

A juíza Deborah Taylor, do tribunal Southwark Crown, também mencionou o dinheiro público gasto com policiamento do lado de fora da Embaixada do Equador durante o período em que Assange permaneceu no local.



Fontes:
EBC - Assange é condenado a 50 semanas de prisão por violar medida de coação

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *