Início » Internacional » Kim Jong-un cita ‘botão nuclear’ em discurso de Ano Novo
DISCURSO

Kim Jong-un cita ‘botão nuclear’ em discurso de Ano Novo

Em seu pronunciamento de Ano Novo, líder norte-coreano ameaça os EUA e pede por diálogo com a Coreia do Sul

Kim Jong-un cita ‘botão nuclear’ em discurso de Ano Novo
Líder norte-coreano disse que só apertaria o 'botão nuclear' em caso de ameaça (Foto: Wikimedia)

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, fez um firme discurso em seu pronunciamento de ano novo, afirmando que sempre mantém um “botão nuclear” em sua mesa. Por outro lado, o norte-coreano se mostrou aberto a um diálogo com a Coreia do Sul, que vai sediar os Jogos Olímpicos de Inverno em 2018.

Kim Jong-un lembrou que a Coreia do Norte tem tecnologia nuclear para bombardear todo o território dos Estados Unidos e, por isso, o presidente americano, Donald Trump, nunca começaria uma guerra contra os coreanos. “É uma realidade, não uma ameaça”, destacou Kim Jong-un, garantindo que só apertaria o botão caso o seu país estivesse com a segurança ameaçada.

Perguntado por jornalistas sobre o botão nuclear da Coreia do Norte, Trump desconversou, não dando uma resposta sobre o assunto durante a celebração de Ano Novo na Flórida.

Ao longo de 2017, a Coreia do Norte conduziu seis testes que mostraram ao mundo os avanços da tecnologia nuclear norte-coreana. Graças a isso, o país foi constantemente alvo de críticas e sanções.

Em novembro, os norte-coreanos viram o míssil Hwason-15 atingir 4 mil quilômetros de altitude – a maior altura atingida até hoje por um armamento da Coreia do Norte -, voando durante 900 quilômetros. Segundo Kim Jong-un, o país tem que ser “um produtor em massa de ogivas e mísseis balísticos”.

Coreia do Sul

Ao falar da Coreia do Sul, o líder norte-coreano tomou uma postura mais amigável, se dizendo disposto a conversar com o país vizinho. Ele informou ainda que pode enviar atletas norte-coreanos para participar dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, que será sediado em território sul-coreano em fevereiro.

“O ano de 2018 é significativo tanto para o Norte quanto para o Sul, com a Coreia do Norte comemorando seu aniversário de 70 anos e a Coreia do Sul sediando as Olimpíadas de Inverno. Devemos derreter as congeladas relações entre Coreia do Norte e Coreia do Sul, fazendo com que este ano tão significativo seja especialmente lembrado na história da nação”, disse o líder norte-coreano.

Fontes:
BBC - Em discurso de Ano Novo, líder norte-coreano diz que mantém 'botão nuclear' na mesa, mas oferece diálogo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Thiago disse:

    OU SEJA, O LIDER NORTE COREANO ESTÁ ARREGANDO.. ELE SABE QUE NUMA EMBATE COM OS EUA, SUA EXISTENCIA É QUESTÃO DE SEMANAS.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *