Início » Internacional » Líderes empresariais estudam os grandes escritores
enriquecendo a mente

Líderes empresariais estudam os grandes escritores

Cursos introspectivos oferecem a perspectiva de enriquecer a mente estudando grandes livros em um hotel isolado

Líderes empresariais estudam os grandes escritores
Em vez de batalhar contra a natureza, os líderes empresariais enfrentariam grandes ideias (Reprodução/Economist)

É difícil ascender ao topo de uma empresa sem fazer um curso na natureza. Você gasta um fim de semana precioso com uma atividade esportiva – caiaque, montanhismo, rapel e afins. Você assiste a palestras sobre testes de caráter e construção de confiança. E depois você corre para casa tão rápido quanto possível. Esses rituais estranhos geram algumas histórias de guerra que podem ser compartilhadas em uma mesa de bar, mas em geral não fazem nada além de enriquecer as empresas que as organizam.

É hora de substituir esse ritual de passagem empresarial com algo muito mais poderoso: cursos introspectivos. Em vez de batalhar contra a natureza, os líderes empresariais enfrentariam grandes ideias. Em vez de provar suas habilidades de liderança orientando pessoas que cruzam um desfiladeiros, eles o fariam ao cruzar um precipício intelectual. Alguns futuros líderes se reuniriam em um hotel isolado e se dedicariam a estudar grandes livros. Eles seriam privados de distrações eletrônicas. Durante o dia um tutor se certificaria que eles estão lendo com atenção, à noite os “introspectivos” seriam encorajados a estabelecer relações entre o que leram e suas vidas.

Cursos introspectivos ofereceriam melhoras significantes em relação a todos os pontos negativos dos cursos ao ar livre. A autoconsciência ajuda as pessoas a relaxarem, mas esvazia suas mentes. “Retiros de ideias” apresentam o circo regular de intelectuais celebridades. Palestras com filósofos corporativos isolam os gestores de seus colegas. Cursos introspectivos oferecem a perspectiva de enriquecer a mente e ao mesmo tempo criar laços com companheiros. Trata-se de uma ideia cuja hora chegou.

Fontes:
The Economist-enriquecer a mente

1 Opinião

  1. Regina Caldas disse:

    Se os líderes empresariais lerem Machiavel (Il Principe), e a Arte da Guerra, do General chinês Sun Tsé,e aprenderem suas sábias lições, está ótimo! Melhor ainda se lerem atentamente a história da Fundação dos Estados Unidos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *