Início » Cultura » Livro reconstrói trajetória de Steve Jobs
Livro

Livro reconstrói trajetória de Steve Jobs

Livro descreve a trajetória profissional de Jobs, depois que seu temperamento explosivo e suas excentricidades provocaram sua demissão da Apple

Livro reconstrói trajetória de Steve Jobs
Steve Jobs era conhecido por sua personalidade forte e determinada (Reprodução/Internet)

“As experiências de vida após a morte ajudam a enxergar com mais clareza em determinadas circunstâncias”, disse Steve Jobs, referindo-se às empresas em dificuldade. No entanto, a frase também poderia ser uma referência à sua vida atribulada. Em 1985, Jobs, pressionado por divergências internas, saiu da Apple Computer, a empresa que ajudara a fundar, mas voltou dez anos depois, em uma das mais espetaculares reviravoltas empresariais do capitalismo moderno.

Na opinião de Brent Schlender e Rick Tetzeli, dois jornalistas da área de negócios, que se dedicam há muito tempo a escrever artigos sobre o setor de tecnologia dos Estados Unidos, a experiência de vida após a morte profissional de Jobs ajudou-o a aprender novas aptidões, que o capacitaram a se transformar no inovador mais visionário de sua época.

Em Becoming Steve Jobs: The Evolution of a Reckless Upstart into a Visionary Leader, Schlender e Tetzeli descrevem a trajetória profissional de Jobs, depois que seu temperamento explosivo e suas excentricidades provocaram sua demissão da Apple. Jobs passou anos trabalhando longe dos holofotes da mídia. No início, fundou uma nova empresa de computadores, NeXT, e, em seguida, comprou a Pixar, uma empresa de animação digital de George Lucas, criador de Guerra nas estrelas e Indiana Jones. Durante anos os dois empreendimentos foram um fracasso. Mas na opinião de Schlender e Tetzeli essas experiências ajudaram Jobs a ser mais paciente e cuidadoso com o processo criativo, permitindo-lhe salvar a Apple de uma falência iminente ao voltar.

A história de Jobs assemelha-se à de Winston Churchill, o primeiro-ministro britânico, julgado por muitos um fracasso antes de reassumir o cargo e deixar seu legado para a posteridade ao derrotar Hitler. Sob diversos aspectos, Jobs foi uma pessoa extraordinária, tanto por sua personalidade forte e determinada, quanto pelo impacto de suas inovações nos setores de computadores pessoais, música, telefone e vendas a varejo. O fato de as maiores realizações de Steve Jobs, desde o crescimento da Pixar ao seu retorno bem-sucedido à Apple, terem sido resultado não apenas da sorte e do toque de Midas, mas também de um senso de oportunidade e de um trabalho duro e ininterrupto, pode ser uma fonte de inspiração para qualquer aspirante a empresário.

Fontes:
Economist-Jobs 2.0

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *