Início » Internacional » Maduro anuncia sanções diplomáticas contra EUA
Bolivarianismo

Maduro anuncia sanções diplomáticas contra EUA

Governo venezuelano vai exigir visto a todos os cidadãos norte-americanos que pretendem ingressar no país

Maduro anuncia sanções diplomáticas contra EUA
Maduro participou de uma marcha no sábado para lembrar o aniversário do levante popular conhecido como 'Caracazo' (Fonte: Reprodução/Reuters)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou neste sábado, 28, que seu governo vai exigir visto a todos os cidadãos norte-americanos que pretendem ingressar no país, entre outras sanções diplomáticas contra os EUA que serão postas em prática pelo seu governo.

Em dezembro do ano passado os EUA anunciaram sanções diplomáticas à Venezuela, incluindo restrições à emissão de vistos a cidadãos venezuelanos para entrar em território norte-americano. Na semana passada o governo Maduro prendeu vários cidadãos norte-americanos sob a acusação de espionagem.

Além da obrigação do visto, Maduro disse que vai exigir a redução do pessoal na embaixada norte-americana em Caracas, onde Washington mantém cem pessoas trabalhando, enquanto o serviço diplomático da Venezuela em Washington conta com 17 funcionários.

Mas a medida mais inusitada anunciada por Nicolás Maduro é a proibição a norte-americanos acusados de “terrorismo” de entrarem na Venezuela. Maduro citou nominalmente o ex-presidente dos EUA George W. Bush e seu antigo vice, Dick Cheney, além de dois congressistas republicanos, Bob Menendez e Marco Rubio.

Fontes:
Público - Maduro impõe visto obrigatório a americanos e impede entrada de Bush

2 Opiniões

  1. Henrique de Almeida Lara disse:

    Se Maduro continuar dando expressão desenfreada à sua loucura, acabará em uma jaula.

  2. André Luiz D. Queiroz disse:

    É sempre tão mais ‘fácil’ culpar os outros por nossos problemas, não? Só não sei até quando essa velha artimanha de denunciar o ‘imperialismo yankee’ vai funcionar… Ou então, por que Maduro não aproveita e ameaça disparar mísseis contra Miami (o Chávez até alardeou em comício a compra dos tais mísseis, com ‘barulhinho’ do disparo e tudo!), pra ver se Obama propõe alguma ‘reunião de cúpula’ e depois oferece uma linha de crédito emergencial para a Venezuela, ou coisa que o valha ! Esse tipo de chantagem tem funcionado pra Coreia do Norte há décadas!…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *