Início » Internacional » Maduro apoia antecipação das eleições legislativas da Venezuela
ANTECIPAÇÃO

Maduro apoia antecipação das eleições legislativas da Venezuela

Além das eleições presidenciais, também podem ocorrer eleições para os conselhos legislativos e municipais em todo o país em abril

Maduro apoia antecipação das eleições legislativas da Venezuela
Segundo Maduro, a antecipação das eleições permitiria a agilização da revolução bolivariana (Foto: Carlos Rodríguez/Andes)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apoiou para que, além das eleições presidenciais, também ocorra um pleito para eleger os conselhos legislativos e municipais em todo o país no próximo dia 22 de abril.

“Eu penso que é uma proposta necessária, justa, mas, além disso, proponho que se some a eleição de todos os conselhos legislativos dos 23 estados e de todos os conselhos municipais dos 335 municípios do país e façamos uma renovação integral”, disse na última quarta-feira, 21.

A proposta foi feita pelo dirigente chavista Diosdado Cabello, que, também na última quarta-feira, informou que vai pedir à Assembleia Nacional Constituinte (ANC) para que as eleições parlamentares sejam feitas também no dia 22 de abril.

“Deixaríamos todos os poderes renovados, uma grande megaeleição parlamentar para o país que proponho oficialmente à ANC e seguiremos para eleições poderosas rumo a uma renovação democrática”, apontou o presidente venezuelano.

Segundo Maduro, a antecipação das eleições permitiria a agilização da revolução bolivariana e a “construir a economia”, que passa por uma gigantesca crise, fazendo com que os alimentos estejam escassos e gerando a hiperinflação.

Nesta quinta-feira, 22, a Mesa da Unidade Democrática (MUD) informou que não vai participar das eleições presidenciais de abril, classificando-as como “fraudulentas”. Além disso, a coalizão não confia no Conselho Nacional Eleitoral (CNE), desafiando o presidente venezuelano a participar de “verdadeiras eleições”, que incluam a renovação do CNE.

Maduro, por sua vez, afirmou que os políticos opositores “têm medo” da derrota nas eleições, afirmando que a MUD quer “obstruir tudo o que for eleição porque está perdida, porque o povo deu as costas a eles [opositores]”. “Com MUD ou sem MUD, a Venezuela terá eleições presidenciais e o povo participará delas como uma grande festa”, finalizou.

Leia também: Maduro quer diálogo com Trump em Washington ou Caracas

Fontes:
Agência Brasil - Maduro apoia proposta de realizar diferentes eleições na mesma data

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *