Início » Internacional » Maduro planeja dissolver o Parlamento
VENEZUELA

Maduro planeja dissolver o Parlamento

O presidente disse que a Assembleia Nacional 'perdeu vigência política' e que 'é só uma questão de tempo até que desapareça'

Maduro planeja dissolver o Parlamento
Maduro vem medindo forças com o Parlamento dominado por opositores (Foto: Agência Senado)

 

Na última terça-feira, 17, o presidente chavista da Venezuela, Nicolás Maduro, disse a correspondentes estrangeiros que a Assembleia Nacional, o Legislativo do país que é controlado desde janeiro pela oposição, desaparecerá em breve.

“A Assembleia Nacional perdeu vigência política. É uma questão de tempo para que desapareça”, afirmou Maduro.

A declaração reforça uma especulação que circula na imprensa local de que o Tribunal Supremo de Justiça (STJ, Supremo Tribunal da Venezuela), pretende dissolver a mesa diretora do Parlamento, alegando desacato às ordens do Judiciário, que é controlado pelo governo. A decisão do STJ derrubaria o atual presidente da Assembleia Nacional, Henry Ramos Allup, um dos opositores mais ferrenhos do governo Maduro, e seus vices.

A justificativa dada pelo governo Maduro para derrubar os líderes do Parlamento foi a rejeição da Assembleia Nacional ao seu decreto de estado de exceção e emergência econômica, que visa aumentar o poder dos militares na distribuição de alimentos e autoriza uma maior intervenção estatal no setor privado. A medida foi rejeitada pela maioria do Legislativo.

A Venezuela vive momentos de tensão política desde que a oposição passou a controlar a Assembleia Nacional, em janeiro. A oposição quer realizar um referendo revogatório para destituir Maduro do poder e já entregou 1,8 milhão de assinaturas ao Conselho Nacional Eleitoral. No entanto, eles precisam do apoio de 20% do eleitorado, ou 3,9 milhões de venezuelanos. Além disso, Maduro já disse que “não tem obrigação de acatar o referendo”.

 

Fontes:
Folha - Assembleia Nacional sumirá em breve na Venezuela, diz Nicolás Maduro

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *