Início » Internacional » Malásia retoma buscas por voo MH370
DESAPARECIDO EM 2014

Malásia retoma buscas por voo MH370

Voo do MH370 da Malaysia Airlines desapareceu em março de 2014, com 239 pessoas a bordo

Malásia retoma buscas por voo MH370
O avião desapareceu quando fazia a rota Kuala Lumpur, na Malásia, até Pequim, na China (Foto: Wikipedia)

O governo da Malásia retomou as buscas pelo voo MH370, da Malaysia Airlines, desaparecido em 8 de março de 2014, com 239 pessoas a bordo. A medida ocorre um ano após as buscas pelo avião serem suspensas.

A tentativa de encontrar o voo MH370 já é a maior busca da história da aviação civil, tendo custado US$ 200 milhões – mais de R$ 650 milhões. O avião desapareceu quando fazia a rota Kuala Lumpur, na Malásia, até Pequim, na China. Em janeiro de 2017, o governo malaio interrompeu as buscas.

Agora, a empresa americana de exploração marinha Ocean Infinity assumiu as buscas, enviando uma embarcação norueguesa até perto de Perth, na Austrália, onde acreditam que a aeronave tenha caído. O navio saiu da África do Sul na última terça-feira, 2, com previsão de chegada à região no dia 7 de fevereiro.

Quando as buscas foram suspensas, em janeiro de 2017, o Escritório de Segurança de Transporte da Austrália divulgou relatórios de cientistas que delimitavam a área de busca em uma região de 25 mil quilômetros quadrados, na qual haveria “alta probabilidade” de encontrar o avião. Com isso, as buscas da Ocean Infinity darão ênfase à área apontada do oceano.

Avião desaparecido

A voo MH370, da Malaysia Airlines, desapareceu no dia 8 de março de 2014. Em outubro de 2016, a Malásia confirmou ter encontrado peças do avião nas Ilhas Maurício. No ano anterior, outros dois pedaços haviam sido descobertos na ilha francesa Réunion e na costa da Tanzânia.

Segundo os investigadores, alguém desligou o transponder do avião – dispositivo de comunicação eletrônica -, desviando, em seguida, o voo a milhares de quilômetros do curso planejado.

Fontes:
O Globo - Malásia retoma buscas por avião que sumiu no oceano com 239 pessoas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *