Início » Internacional » Medo de voar
Internacional

Medo de voar

As linhas aéreas britânicas foram salvas de uma catástrofe, após a polícia frustrar um plano terrorista que envolvia a explosão de aviões, porém elas não escaparam ilesas.

Os longos atrasos quase foram motivo de um verdadeiro desastre no aeroporto mais movimentado da Europa, Heathrow.

Apesar do visível reforço na segurança no aeroporto de Londres (que é visto como o mais bem protegido fora de Israel), o episódio mostra que os terroristas ainda estão obcecados em atacar aviões de passageiros.

Os aeroportos foram forçados a lançar mão de recursos de segurança nunca utilizados, que incluem a bagagem de mão, por exemplo, onde só o essencial pode ser levado. Um a cada dois passageiros é revistado, o que vem causando longas filas.

Exposição total

Apesar de a segurança nos aeroportos ter aumentado após os ataques de 11 de setembro de 2001, a tecnologia utilizada para revistar passageiros e bagagens para apreensão de armas e bombas continua a mesma.

Os passageiros andam através de detectores de metais e as malas passam por raios-x, que podem identificar se há algo suspeito, mas não exatamente o que é.

Novas tecnologias estão chegando ao mercado aos poucos. Existem três novidades: raios-x avançados que identificam objetos escondidos, sensores para cheirar produtos químicos perigosos e rádio freqüência para identificar líquidos e sólidos.

Fontes:
Economist - After the terror alert
Economist - Airport screening technology

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. carlos disse:

    Se querem um motivo para colocaram microchips nas pessoas, agora já tem, que coloquem logo………..

  2. celia maria dos santos disse:

    Já temos uma vida tão exposta,ainda mais microchips ? Não tenho direito a privacidades?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *