Início » Internacional » ‘Melhor opção para a Grécia é sair do euro’, diz ministro das Finanças alemão
Grécia

‘Melhor opção para a Grécia é sair do euro’, diz ministro das Finanças alemão

Foi a segunda vez esta semana que Wofgang Schäuble defendeu publicamente a saída temporária da Grécia da zona do euro

‘Melhor opção para a Grécia é sair do euro’, diz ministro das Finanças alemão
Schäuble enfatizou que não está tentando forçar a Grécia em nenhuma direção (Foto: Wikipedia)

O Ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, sugeriu nesta quinta-feira, 16, que seria melhor para a Grécia sair da zona do euro, dizendo que a saída temporária poderia dar ao país uma flexibilidade adicional para reduzir sua dívida incapacitante.

Foi a segunda vez esta semana que Schäuble defendeu essa proposta em público. Sua declaração, em uma entrevista de rádio, veio horas antes da aprovação relutante do Parlamento grego de um pacote de mudanças na política econômica exigidas pela Alemanha e outros credores, com o objetivo de permitir que a Grécia permaneça na zona do euro e se qualifique para uma nova fase de financiamento de resgate.

Leia também: Nem a Acrópole está a salvo dos credores da Grécia
Leia também: Grécia se rende aos credores e aceita mais austeridade em troca de resgate

Schäuble enfatizou que ele iria continuar apoiando o novo plano de resgate, que foi fechado por líderes europeus na última segunda-feira depois de um longo fim de semana de negociações. “A Grécia está numa situação muito difícil”, ele disse.

O ministro garantiu que ninguém está tentando forçar a Grécia em uma direção particular, mas ressaltou que perdoar parte de uma dívida pública de mais de 300 bilhões de euros não é compatível com as normas de filiação da zona do euro. Ele também questionou se o pacote que a Grécia está buscando será suficiente para trazer a situação financeira do país a uma posição mais maleável.

O novo pacote de resgate proveria ajuda de até € 86 bilhões em três anos, assim como um plano de estímulo econômico para a Grécia. Em troca, a Grécia deverá efetuar um amplo ajuste fiscal e uma reforma política, incluindo impostos mais altos, cortes de pensão e outras medidas para promover o crescimento econômico e ajudar o governo a cumprir os pagamentos da dívida.

Fontes:
New York Times-Greece Might Be Better Off Outside Eurozone, German Finance Minister Says

1 Opinião

  1. Roberto1776 disse:

    Pelo muito que se lê e pelo pouquíssimo que se consegue entender, parece que Herr Schäuble está certo.
    Essas “ajudas” assemelham-se a um excelente nadador arriscando o pescoço por um banhista descuidado. Logo os dois se afogarão.
    O ditado já diz que aquele que ajuda quem está na m… (e não deseja ser ajudado, como o referendo helênico já deixou claro) acaba se sujando.
    Esse socorro bilionário parece ter muito de correção política que é a arte (impossível) de pegar um pedaço de excremento com as mãos sem se sujar.
    Além disso, tal ajuda remove do povo grego o desafio de se safar desta enrascada através de seus próprios esforços, algo tão prezado pelo jovem, inexperiente e esquerdista tripas.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *