Início » Internacional » Meninas fogem de casa para evitar mutilação genital
Quênia

Meninas fogem de casa para evitar mutilação genital

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

De acordo com a polícia queniana, pelo menos 300 meninas fugiram de suas casas e buscaram refúgio em igrejas no sul do Quênia para tentar escapar de rituais de mutilação genital feminina.

Os rituais de mutilação genital feminina acontecem geralmente entre novembro e dezembro. Embora sejam proibidos no país, continuam sendo praticadas em áreas rurais, onde são considerados um rito de passagem para a vida adulta.

Meninas de até nove anos de idade estão refugiadas nas duas igrejas, que funcionam como centros de apoio na região.

Fontes:
G1 - Garotas fogem de casa para escapar de circuncisão no Quênia

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

6 Opiniões

  1. Arlon Borges disse:

    Essa mutilação genital feminina praticada pelos muçulmanos é uma barbaridade. Não apenas o ato em si é muito doloroso — cada relação sexual, para o resto da vida, será dolorosa. É uma maneira selvagem de garantir que as mulheres não trairão os maridos.

  2. Lucia Moore disse:

    Vejo o muno assolado por tantas tristezas… até quando o homem agirá desta forma e tantas outras que estarrecem até os que não querem ter interesse pelo o que acontece no mundo.
    Temos que ter consciência que somos uma coisa só… pura matéria (o nome que damos ao que, na verdade, desconhecemos. Somos energia… e o que acontece do outro lado do mundo, afeta todos nós!!! São vaidades, guerras, rituais, maldades infinitas…
    Eu não me esqueço de um nome "ALI" que foi mutilado na guerra do Iraque, perdendo todos os seus parentes. Levaram-no para o Kuwait… e ele, qdo estava melhor, perguntou quando poderia brincar!!!
    Mutilações estão acontecentos em muitos lugares: Irã, Iraque, Afeganistão… e, até aqui mesmo no Brasil!!!
    Sinto muitíssimo… estou sem esperança de um mundo melhor… espero que a morte não se demore para mim!!!

  3. Evandro Correia disse:

    Lucia, se você está querendo morrer é fácil resolver isso. Tem várias maneiras. Mas enquanto está viva, que tal contribuir para acabar com bestialidades como esta? Vamos batalhar contra esta selvageria imposta pela religião muçulmana.

  4. Lucia Moore disse:

    Antes de dar, mais uma vez a minha opinião: a primeira parte que o Sr. Evandro escreveu demonstra como estão "pensando" certas pessoas!!!
    Gostaria, tb, de pedir informações de como batalhar contra esta selvageria imposta pela religião mulçumana. Pode ser um sucesso, já que a imaginação do leitor que se dirigiu a mim é tão fértil.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *