Início » Internacional » Merkel promete ‘reduzir visivelmente’ entrada de refugiados na Alemanha
CRISE DOS REFUGIADOS

Merkel promete ‘reduzir visivelmente’ entrada de refugiados na Alemanha

Chanceler alemã cede à pressão política e adota postura mais dura em relação à crise migratória

Merkel promete ‘reduzir visivelmente’ entrada de refugiados na Alemanha
A medida de redução do número de refugiados na Alemanha parece ser o primeiro grande passo para trás da chanceler alemã em relação à política de portas abertas (Foto: Moritz Hager/WORLD ECONOMIC FORUM)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Depois de ser eleita a personalidade do ano pela revista Time, a chanceler alemã, Angela Merkel, cedeu à pressão política e sinalizou uma mudança de postura em relação à crise dos refugiados. Ela prometeu “reduzir visivelmente” a chegada de refugiados à Alemanha. Apesar de ainda não ter dado detalhes sobre como será feita a contenção de novas chegadas, ela diz que o governo não vai impor um “limite”.

Leia também: Em um ano, Alemanha aceita mais refugiados do que os EUA em dez 

A declaração foi feita no congresso do partido União Democrata-Cristã (CDU) na cidade de Karlsruhe, na Alemanha Ocidental. Merkel resolveu adotar uma linguagem mais dura em relação aos refugiados, afinal de contas, o cenário demonstrava uma possível revolta em seu partido conservador.

A ideia é trabalhar com a Turquia para combater traficantes, melhorar a situação nos campos de refugiados na Turquia, Líbano e Jordânia (onde vive a grande maioria dos refugiados sírios), e reforçar o controle das fronteiras externas da União Europeia (UE).

A medida de redução do número de refugiados na Alemanha parece ser o primeiro grande passo para trás da chanceler alemã em relação à política de portas abertas que tem adotado. Merkel havia prometido aceitar todos os refugiados sírios que chegassem ao país. Não é à toa que a Alemanha é o país da Europa que mais aceita refugiados.

Fontes:
O Globo-Merkel promete reduzir 'notavelmente' entrada de refugiados na Alemanha
Público-Merkel promete “reduzir visivelmente” a chegada de refugiados à Alemanha

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *