Início » Internacional » México descobre o maior cemitério clandestino do país
VIOLÊNCIA

México descobre o maior cemitério clandestino do país

Governo do estado de Veracruz pede ajuda internacional para identificar os restos mortais de mais de 250 pessoas encontrados em uma gigantesca cova comum

México descobre o maior cemitério clandestino do país
A suspeita é que os enterrados no local foram executados por cartéis de drogas (Foto: Twitter)

O governo da cidade mexicana de Veracruz, localizado no sul do país em estado de mesmo nome, está buscando ajuda internacional para identificar os restos mortais de mais de 250 pessoas encontrados na última terça-feira, 15, em um gigantesco cemitério clandestino descoberto na periferia da cidade.

Composto por uma grande cova comum, o cemitério clandestino é o maior já encontrado no país. A suspeita é que os enterrados no local foram executados pelos cartéis de drogas do país. “É um crime terrível, jamais deveria ter acontecido”, escreveu, em sua conta no Twitter, o procurador de Veracruz Jorge Winckler.

A guerra entre narcotraficantes no México já resultou no desaparecimento de mais de 30 mil pessoas, sendo o estado de Veracruz o mais afetado pela violência. O cemitério clandestino revela uma escala de matança tão grande que há a suspeita do uso de retroescavadeiras na abertura da cova comum.

O cemitério foi descoberto por um grupo de ativistas formado por parentes de pessoas desaparecidas. O grupo recebeu de forma anônima um mapa que indicava locais onde há cemitérios clandestinos. O autor do mapa acusa o cartel Jalisco Nueva Generación de ser o autor das execuções. O cartel chegou a Veracruz em 2011 e desde então segue em uma disputa sangrenta com o rival local Zetas.

As escavações dos ativistas começaram na região de Colinas de Santa Fé e culminaram na descoberta do cemitério clandestino. Os corpos encontrados foram enterrados sem cabeça, por isso, os ativistas estão convocando parentes de desaparecidos a fornecer amostras de DNA para ajudar na identificação.

Ao que tudo indica, os corpos foram colocados no local ao longo de anos, logo, suspeita-se da cumplicidade do governo local. “É impossível que ninguém tenha percebido o que vinha acontecendo aqui. Se isso não é cumplicidade por parte do governo, eu não sei o que é”, disse Winckler, em uma aparente referência ao ex-governador do estado de Veracruz Javier Duarte. Ele renunciou ao cargo em outubro do ano passado, dois meses antes de completar o mandato, e desde então está foragido. Entre outros crimes, Duarte é acusado de lavagem de dinheiro, crime organizado e desvio de verba pública.

Fontes:
CBS News-Mass graves contain so many bodies that Mexican state lacks room for remains

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *