Início » Internacional » Milhares protestam contra união gay na França
PARIS

Milhares protestam contra união gay na França

Manifestantes querem a revogação de uma lei de 2013 que autoriza o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Milhares protestam contra união gay na França
Organizadores afirmam que ato reuniu ao todo 200 mil pessoas (Fonte: Reprodução/AP)

Milhares de pessoas saíram às ruas de Paris neste domingo, 16, para protestar contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, pedindo a revogação da lei Mariage pour tous (Casamento para todos, em tradução livre) aprovada em 2013 que autoriza a união gay.

Leia também: Austrália ainda hesita em aprovar o casamento gay
Leia também: Presidente do México propõe legalizar o casamento gay

Os organizadores afirmam que o ato reuniu ao todo 200 mil pessoas. As autoridades locais dizem, por sua vez, que o protesto contou com a participação de 24 mil pessoas.

Os manifestantes tentam influenciar nas próximas eleições presidenciais da França, que acontece daqui a seis meses. Os partidos de centro e direita estão na fase de escolha de seus candidatos.

O protesto foi convocado pelo movimento Manif pour tous (Manifestação para todos, em tradução livre). Os manifestantes visam pressionar os futuros candidatos a revogar a lei que autoriza a união gay na França e a defender o que chamam de “família tradicional”.

Em abril, um grupo lançou um abaixo-assinado pedindo que a União Europeia inscreva na legislação do bloco o caráter heterossexual do casamento. O movimento Manif pour tous é um dos integrantes deste grupo, que define o casamento como a “união estável entre um homem e uma mulher”.

Fontes:
Portal Exame - Ato contra união gay leva milhares às ruas na França
RTP - Franceses voltam às ruas contra lei do casamento gay

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. olbe disse:

    Na França a esta altura os franceses ainda são contra o casamento gay?? Não acredito..tanta ignorância.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *