Início » Internacional » Milhares vão às ruas na Espanha contra sentença em caso de estupro coletivo
CASO 'LA MANADA'

Milhares vão às ruas na Espanha contra sentença em caso de estupro coletivo

Jovens envolvidos no caso 'La Manada' foram condenados por abuso sexual

Milhares vão às ruas na Espanha contra sentença em caso de estupro coletivo
Manifestantes têm se reunido em diversas cidades do país para dizer que 'não é abuso, é estupro' (Fonte: Reprodução/Getty Images)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A condenação de cinco jovens acusados de estuprar uma jovem de 18 anos de idade em 2016, em um caso que ficou conhecida como “La Manada”, foi considerada muito branda por populares e vem provocando uma onda de protestos em toda a Espanha.

No último sábado, 28, mais de 30 mil pessoas foram para as ruas de Pamplona protestar contra a sentença judicial. Cada um dos cinco jovens envolvidos no episódio foram condenados a nove anos de prisão por abuso sexual. A sentença foi anunciada na última quinta-feira, 26, quase cinco meses após o fim do julgamento, e desde então milhares de manifestantes têm se reunido em diversas cidades do país para dizer que “não é abuso, é estupro”.

A expressão “eu acredito em você, irmã” se tornou viral nas redes sociais em apoio à vítima, uma madrilenha de 18 anos que estava alcoolizada. Os jovens gravaram a violação e foram embora após roubar o celular da vítima.

Os cinco jovens condenados afirmam que a relação foi consensual. Os juízes consideraram que o caso representou abuso, mas não agressão sexual, ou seja, estupro, uma vez que não se comprovou o uso de violência ou intimidação.

A procuradoria queria que cada jovem envolvido no episódio fosse condenado a 22 anos e 10 meses de prisão. Os advogados da vítima pediam uma pena de 24 anos. Já a prefeitura de Pamplona pediu 25 anos de prisão.

O estupro coletivo ocorreu em 2016 durante uma popular festa de San Fermín, celebrada anualmente entre os dias 7 e 14 de julho em Pamplona.

Fontes:
BBC Brasil - O caso de estupro coletivo que chocou a Espanha e está levando milhares para as ruas do país

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Antônio Rodrigues Pinto da Costa disse:

    Minha opinião é que a justiça é uma m* em qq lugar do mundo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *