Início » Internacional » Capitão de submarino desaparecido relatou falha em viagem anterior
FALHA ELÉTRICA

Capitão de submarino desaparecido relatou falha em viagem anterior

Pela primeira vez, governo da Argentina reconheceu publicamente a morte dos tripulantes do ARA San Juan

Capitão de submarino desaparecido relatou falha em viagem anterior
Submarino ARA San Juan desapareceu no dia 15 de novembro (Fonte: Reprodução/Arquivo/ Divulgação/Marinha da Argentina)

Em entrevista ao canal “Todo Notícias”, o ministro da Defesa da Argentina, Oscar Aguad, disse na noite desta quinta-feira, 4, que o capitão do submarino ARA San Juan, desaparecido desde o dia 15 de novembro, já havia relatado em uma viagem anterior uma falha elétrica pela entrada de água nos sistemas.

Leia também: Suposta imagem do ARA San Juan era de navio afundado

O mesmo problema teria sido reportado pelo capitão horas antes do sumiço do submarino, no último dia 15. Ainda segundo o ministro, para o governo argentino, todos os 44 tripulantes do Ara San Juan estão mortos. É a primeira vez que autoridades reconheceram publicamente a morte dos marinheiros.

Investigadores acreditam que a falha relatada tenha sido o motivo do desaparecimento do submarino. Desta vez, o problema pode ter causado um curto-circuito na alimentação das baterias.

Oscar Aguad disse que o capitão do ARA San Juan pediu que, “em 2018, quando o submarino entrasse em reparação, se verificasse esse problema”. O ministro ressaltou, no entanto, que, antes da última missão, “todos os controles” foram realizados e o capitão teria informado que o submarino estava “em perfeitas condições de navegar”.

Há também suspeitas de corrupção no processo de reparação feito no submarino durante o mandato de Cristina Kirchner. “Houve uma denúncia por corrupção que foi arquivada sem investigação e que dava conta de algumas anomalias. O que eu posso comprovar é que o navio tinha que ser consertado em dois anos e demorou cinco”, disse ainda o ministro da Defesa.

O governo argentino se comprometeu com as famílias dos tripulantes a continuar as buscas.

Fontes:
O Globo - Ministro revela que capitão de submarino reportou mesma falha em viagem anterior
EBC - Ministro argentino diz que houve suspeita de corrupção em conserto de submarino

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *