Início » Internacional » Ministro chinês rejeita livros com valores ocidentais nas universidades
Educação na China

Ministro chinês rejeita livros com valores ocidentais nas universidades

Yuan Guiren, ministro da Educação chinês, defende que os valores ocidentais jamais cheguem às salas de aulas do país

Ministro chinês rejeita livros com valores ocidentais nas universidades
Na China, o Partido Comunista controla discussões sobre história e outros temas interpretados como uma ameça potencial (Reprodução/China Daily Mail)

Durante um fórum educacional em Pequim, na última quinta-feira, 29, o ministro da Educação da China, Yuan Guiren, disse que as universidades devem rejeitar livros didáticos que promovam valores ocidentais.

“Nunca deixem livros didáticos que promovem valores ocidentais aparecem em nossas aulas. Devemos combater observações que difamam a liderança do Partido Comunista da China e o socialismo ou violam a Constituição e as leis do nosso país”, disse o ministro.

Na China, o Partido Comunista fiscaliza fortemente as universidades para controlar as discussões sobre história e outros temas que possam ser interpretados como uma ameça potencial. O partido costuma rotular conceitos como separação de poderes e eleições multipartidárias como algo “ocidental”.

Apesar do número total de universidades ter mais que dobrado na última década, muitos jovens da elite política e empresarial do país preferem estudar fora, principalmente, nos Estados Unidos e na Europa. A própria filha do presidente Xi Jinping estuda na Universidade de Havard desde 2010.

 

Fontes:
O Globo-Governo chinês diz que faculdades devem rejeitar livros com 'valores ocidentais' e críticas ao governo
EFE-China pede que universidades proíbam livros com valores ocidentais

1 Opinião

  1. Ludwig Von Drake disse:

    Está certo o ministro chinês. As diferenças entre oriente e ocidente devem ser interpretadas a partir de Confúcio e Aristoteles. O segundo é para ser usado, o primeiro é para ser seguido.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *