Início » Internacional » Ministro de Defesa de Israel renuncia por desconfiança a Netanyahu
POLÍTICA

Ministro de Defesa de Israel renuncia por desconfiança a Netanyahu

Moshe Yaalon renunciou ao cargo afirmando que o governo de Israel está tomado por 'elementos perigosos e extremistas'

Ministro de Defesa de Israel renuncia por desconfiança a Netanyahu
Moshe Yaalon renunciou ao cargo (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Nesta sexta-feira, 20, o ministro de defesa israelense, Moshe Yaalon, renunciou ao cargo. Segundo ele, o governo de Israel está tomado por “elementos perigosos e extremistas”. Logo, ele não poderia mais confiar no primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

As opiniões de Yaalon, considerado uma voz moderada no governo, sobre o papel das Forças Armadas eram contraditórias com as do primeiro-ministro.

Além disso, a relação entre os dois piorou nos últimos dias. Yaalon defendeu o direito de um de seus funcionários de expressar suas opiniões livremente sobre as Forças Armadas. O general Yair Golan, então, fez comparações entre as últimas ações de Israel com ações da Alemanha nazista.

Em março, Yaalon também esteve em desacordo com o governo. Em um vídeo, um soldado foi flagrado atirando na cabeça de um agressor palestino que já estava ferido e rendido em Hebron, na Cisjordânia. Enquanto Yaalon defendeu que o soldado deveria ser processado por assassinato, membros  do governo apoiaram a ação do militar.

Segundo a Associated Press, Netanyahu provavelmente indicará  um antigo aliado, Avigdor Lieberman, 57, ex-ministro das Relações Exteriores, para o cargo. No passado, Lieberman já expressou que não acredita num acordo de paz com os palestinos.

Fontes:
Folha de S.Paulo-Ministro de Defesa de Israel diz não confiar mais em Netanyahu e renuncia
G1-Ministro da Defesa de Israel renuncia por desconfiança em Netanyahu

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *