Início » Internacional » Montadoras tradicionais não devem ser superadas por empresas de tecnologia
Carro do Futuro

Montadoras tradicionais não devem ser superadas por empresas de tecnologia

Qualquer que seja o futuro dos carros, será difícil substituir os fabricantes tradicionais em uma atividade na qual a tecnologia é apenas uma parte da equação

Montadoras tradicionais não devem ser superadas por empresas de tecnologia
Seria mais interessante que as empresas de tecnologia trabalhassem juntas com o setor automotivo (Reprodução/Satoshi Kambayashi)

A capacidade da Apple de fabricar iGadgets de fácil portabilidade, que se transformam em objetos de desejo de muitas pessoas é inquestionável. Mas agora a Apple planeja fabricar um dispositivo móvel que irá, ao contrário, transportar seus usuários, ou seja, um projeto mais ambicioso de um carro elétrico. Os planos da Apple não são claros e ainda não passam de boatos. Segundo alguns relatos nesta última semana, umas cem pessoas estão trabalhando no desenvolvimento da produção de carros elétricos para competir com a Tesla, outra empresa do Vale do Silício, que fabrica carros elétricos luxuosos e rápidos. Existem também boatos que a Apple planeja produzir um modelo de veículo autônomo.

Diversas empresas de tecnologia do Vale do Silício estão interessadas em investir no setor automotivo por duas razões. Uma delas é que a tecnologia dos carros elétricos, dos sensores que monitoram os veículos e o comportamento do motorista, assim como os carros autônomos estão mudando o cenário do setor automotivo. Além disso, os fabricantes de carros estão muito vulneráveis, devido à capacidade excessiva crônica, o legado de custos elevados e os constantes recalls de problemas apresentados pelos carros.

No entanto, qualquer que seja o futuro dos carros, será difícil substituir os fabricantes tradicionais de automóveis em uma atividade na qual a tecnologia é apenas uma parte da equação. Apesar da reputação, antes bem merecida, de preguiça em adotar novas tecnologias, a maioria dos grandes fabricantes de automóveis está investindo em carros elétricos ou em outras formas alternativas de propulsão, além de modelos autônomos. A Ford e a Nissan abriram laboratórios de pesquisa no Vale do Silício. As empresas de tecnologia atraem a atenção, disse Haroon Hassan um executivo do banco Mitsubishi UFJ, mas os fabricantes tradicionais de carros têm uma extraordinária capacidade de inovação e conhecem muito bem seu negócio.

Na verdade, seria mais interessante que as empresas de tecnologia trabalhassem juntas com o setor automotivo para desenvolver um software, que funcionaria como o “cérebro” do carro autônomo, e para aperfeiçoar o alcance e os custos da bateria dos carros elétricos. No futuro os carros serão diferentes, mas as marcas provavelmente não mudarão.

 

Fontes:
Economist-Upsetting the Apple car

1 Opinião

  1. ney disse:

    Quando os governos não protegerem mais estas montadoras tradicionais a historia vai mudar; a tecnologia é o futuro.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *