Início » Internacional » Morre António de Oliveira Salazar, ditador português
Nesta data

Morre António de Oliveira Salazar, ditador português

Em 27 de julho de 1970, morre o governante que teve o maior mandato do país

Morre António de Oliveira Salazar, ditador português
Salazar ganhou a confiança do povo e dos militares após conseguir controlar as finanças do país (Foto: Wikimedia)

Nasceu no dia 28 de abril de 1889 em Santa Comba Dão, Portugal, em uma família de pequenos proprietários agrícolas.

Educado com fortes raízes católicas, Oliveira Salazar formou-se em direito em 1914, na Universidade de Coimbra, da qual se tornou catedrático em 1918, na área de ciências econômicas.

Em 1919, foi expulso da universidade, acusado de conspirar contra o regime republicano, mas foi readmitido mais tarde. Em 1921, foi eleito deputado pelo partido Centro Católico.

Com a instauração da ditadura militar em 1926, passou a ocupar a pasta das Finanças, cargo que só exerceu por 5 dias, por não ter todos os poderes que exigia.

Voltou ao cargo em 1928, impondo rigor financeiro às contas públicas e inaugurando o que os historiadores chamam de “ditadura financeira”: uma política de contenção de despesas, com adiamento das obras de fomento e aumento de receitas pela intensificação da pressão fiscal, além da redução dos vencimentos e do congelamento dos salários.

Com o sucesso vindo de sua administração das finanças portuguesas, Salazar consegue a confiança do povo e dos militares. Ao fim do regime, em 1932, o poder é entregue a este, que iniciará um longo mandato como primeiro ministro, que durará 36 anos. Seus primeiros atos como governante são tornar a União Nacional (mais tarde, Ação Nacional Popular) como único partido legal do país e estabelecer uma nova Constituição, em 1933, que substituía a anterior, de 1911, com um perfil nitidamente fascista. Era o início do Estado Novo Português, que mergulharia Portugal na mais completa inércia política, econômica e social, reprimindo fortemente os grupos de pensamento diverso daqueles do partido oficial, e estabelecendo a ideologia fascista em Portugal.

Após um derrame cerebral, Salazar afasta-se do poder e morre dois anos depois, no dia 27 de julho de 1970, em Lisboa.

Fontes:
Uol - Antônio de Oliveira Salazar

1 Opinião

  1. Carlos disse:

    Ditador, porquê seu anallfabeto funcional? Que teve um regime paternalista, isso sim, acredito. Deus, Pátria e Familia, seu lema. Estude mais a História antes de escrever um fraco artigo sobre um grande estadista.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *