Início » Internacional » Morte de mergulhador deixa claro riscos de resgate na Tailândia
PRESOS NA CAVERNA

Morte de mergulhador deixa claro riscos de resgate na Tailândia

Militar experiente estava levando balões de oxigênio para o grupo preso na caverna

Morte de mergulhador deixa claro riscos de resgate na Tailândia
Equipes de resgate levam suprimentos para o local onde o grupo está preso (Fonte: Reprodução/Ruamkatanyu Foundation/Via Reuters)

Um militar experiente que participava como voluntário da operação de resgate do grupo que está preso em uma caverna na Tailândia morreu nesta quinta-feira, 5, após ficar sem oxigênio quando voltava para a entrada da caverna Tham Luang.

Leia também: Equipes de resgate correm contra o tempo na Tailândia

A morte do ex-mergulhador da Marinha da Tailândia evidencia os riscos do resgate dos 12 meninos com idades entre 11 e 16 anos e do técnico do grupo, de 25 anos.

O militar Saman Kunan, de 38 anos, estava levando balões de oxigênio para o grupo que já está quase sem oxigênio dentro da caverna, ameaçado com a previsão de mais chuvas para a região.

A situação fica ainda mais complicada devido a fato de que alguns dos meninos não sabem nadar. Todo o grupo, que está preso desde o dia 23 de junho, terá que aprender noções básicas de mergulho.

Os meninos e o técnico foram encontrados por dois mergulhadores britânicos depois de nove dias de buscas. Eles estavam a cerca de 4 km da entrada do complexo de cavernas.

De acordo com uma fonte do gabinete do governador da província de Chiang Rai, “a morte deste especialista mergulhador serve para mostrar a dificuldade dos trabalhos de resgate. Apesar desta morte, não vamos parar de trabalhar para resgatar o grupo”.

Fontes:
G1 - Mergulhador morre sem oxigênio em caverna na Tailândia onde meninos estão presos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Áureo Ramos de souza disse:

    Com a fé que tenho em DEUS os meninos e o treinador irão salvar os meninos, lamento a morte do mergulhador.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *