Início » Internacional » Multidão toma ruas de Moscou por Nemtsov
Após assassinato

Multidão toma ruas de Moscou por Nemtsov

Líder oposicionista foi assassinado na última sexta-feira, 27, nas cercanias do Kremlin

Multidão toma ruas de Moscou por Nemtsov
Um dos líderes do protesto disse que mais de 70 mil pessoas participaram da marcha (Fonte: Reprodução/AP)

Dezenas de milhares de pessoas saíram às ruas da capital da Rússia, Moscou, neste domingo, 1º, em marcha convocada para homenagear o líder oposicionista Boris Nemtsov, assassinado na última sexta-feira, 27, nas cercanias do Kremlin.

Leia também: Putin assume o controle das investigações sobre assassinato de oposicionista

Chamou a atenção a discrepância entre os números de participantes da marcha citados pelos organizadores e pela polícia. Enquanto as forças de segurança da capital russa garantiam que pouco mais de 16 mil pessoas estiveram presentes, a estimativa de um dos líderes do protesto foi de mais de 70 mil manifestantes.

A oposição a Vladimir Putin atribui o assassinato de Nemtsov ao clima de ódio aos dissidentes fomentado pelo Kremlin. Segundo o ex-deputado Gennady Gudkov, o governo Putin atribui a pecha de “traidor” a quem não é seu aliado.

Já o presidente russo prometeu à mãe de Nemtsov que fará “tudo para que organizadores e autores materiais deste assassinato recebam seu merecido castigo”.

Fontes:
G1 - Mais de 70 mil marcham em Moscou após assassinato de líder da oposição

3 Opiniões

  1. Joaquim Caldas disse:

    ASSASSINATO DE REPUTAÇÕES: um crime de estado.

    Assassinato é o fluxo dos comunistas perversos: o crime é a base do poder,sem o crime os comunistas não alcançam o poder.Quem morre é quem perde a pátria e o patrimônio,o melhor,a vida!
    As invasões aos países da América do Sul,estão se processando lenta e silenciosamente.Por décadas,os russos já miravam o continente.É com os assassinatos de presidentes destes países que se infiltram os militantes da KGB,que destroem seus opositores e avançam no domínio do projeto de poder.Usam-se os militantes idiotizados e abestalhados.Após suas conquistas “Eles” eliminam suas ferramentas,Chê Guevera e Hugo Chaves.No Brasil não será diferente com Lula,FHC,Dilma e CIA.É o preço da traição.Traidor não tem crédito pátrio e muito menos para quem não tem pátria.

  2. Henrique de Almeida Lara disse:

    Putin é um dos políticos do mundo que perderam a credibilidade, assim como acontece com alguns políticos da América Latina, incluível o Brasil. O fato de ele ter assumido pessoalmente as investigações sobre a morte de Nemtsov tem dois objetivos: demagogia (enganar o povo) e manipular as investigações de modo que ou não dêem em nada ou apontem um “bode expiatório”. O verdadeiro culpado nunca será apontado!

  3. Carlos U. Pozzobon disse:

    Lá como aqui, as manifestações contra o governo são sempre atribuídas a um número pequeno de manifestantes. O que demonstra que a mídia está alinhada com o o oficialismo e não com a realidade dos fatos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *