Início » Internacional » Museu da Fundação Louis Vuitton será lançado em Paris
Fundação Louis Vuitton

Museu da Fundação Louis Vuitton será lançado em Paris

O maior conglomerado do mundo de bens de luxo, a Fundação Louis Vuitton quer deixar uma marca

Museu da Fundação Louis Vuitton será lançado em Paris
O museu será inaugurado no dia 27 de outubro (Reprodução/Iwan Baan/Fondation Louis Vuitton 2014)

É possível ver as extremidades de vidro reluzindo acima das copas das árvores do Bois de Bologne. Mais de perto o novo museu projetado por Frank Gehry parece uma nave futurista com velas de navio. Assim como é de costume para o seu financiador, Bernard Arnault, presidente do conselho de administração e CEO da LVMH, o maior conglomerado do mundo de bens de luxo, a Fundação Louis Vuitton quer deixar uma marca.

O museu será inaugurado no dia 27 de outubro. Ele levou seis anos e, de acordo com fontes próximas ao projeto, custou um terço a mais do que o seu orçamento inicial de US$ 125 milhões. O museu foi financiado pela LVMH e leva o nome (e logomarca) de sua marca mais importante, a Louis Vuitton. Mas o prédio é um triunfo pessoal para Arnault, que queria trabalhar com Gehry assim que viu o Museu Guggenheim, em Bilbao, Espanha, em 2001.

Na Fundação Vuitton Gehry se esmerou em criar interiores ao estilo dos museus: 11 galerias, uma livraria, um restaurante, e um auditório com 350 lugares e um salão grande. A exposição inaugural focará em maquetes, rascunhos e vídeos de sua arquitetura, que coincidirá com uma exposição sobre a obra de Gehry no Centro Pompidou. A inauguração também contará com novas obras comissionadas de Olafur Eliasson e Ellsworth Kelly. Em seguida a Fundação fará uma exposição solo de Eliasson e uma exposição história que incluirá obras emprestadas por outros museus em um programa que terá a curadoria de sua diretora artística, Suzanne Pagé, ex-presidente do Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris. Destaques da coleção LVMH, que inclui obras de Jean-Michel Basquiat, Gilbert & George e Jeff Koons também serão exibidas com regularidade, junto a empréstimos ocasionais da coleção pessoal de Arnault.

 

Fontes:
The Economist-Winged victory

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *