Início » Internacional » NASA cria torre fantasma de US$ 349 milhões no Mississippi
EUA

NASA cria torre fantasma de US$ 349 milhões no Mississippi

Projeto que deveria ter sido cancelado em 2010 foi mantido pela agência espacial. Assim que a obra terminou, a torre foi fechada e não será utilizada

NASA cria torre fantasma de US$ 349 milhões no Mississippi
A torre fantasma da NASA custará US$700 mil por ano de manutenção, apesar de inutilizada. (Foto: Reprodução/Business Week)

A NASA terminou, em junho, um projeto no Mississippi: uma torre de laboratório de US$ 349 milhões, desenvolvida com o objetivo de simular a situação de vácuo no espaço. Ao terminar o projeto, a NASA tomou uma atitude “inovadora”: a torre foi esvaziada e fechada, sem nunca ter sido usada.

O motivo do fechamento é que a nova torre,chamada de A-3, é inútil, assim como era esperado. O programa do foguete foi projetado e cancelado em 2010. Porém, os cautelosos burocratas da agência espacial americana não quiseram desativar o projeto por conta própria. O congresso votou e, a pedido de um senador do Mississippi, ordenou que a obra fosse concluída de qualquer forma. Com isso, a NASA gastou quatro anos desenvolvendo e construindo um local de testes que ela não precisa e gastará aproximadamente US$ 700 mil por ano para fazer a manutenção do inútil local.

A torre fantasma do Mississippi é uma das evidências da crise na agência americana, que costumava ser um dos símbolos de poder e burocracia no país. Nos anos da corrida espacial, a empresa tinha uma clara missão: levar o homem à lua em 10 anos. Em menos de sete já havia alcançado o objetivo.

Agora a NASA se tornou outro símbolo, o do que acontece com uma grande burocracia quando perde o sentido de missão. Nos últimos anos, os presidentes têm mudado frequentemente os objetivos da agência. A Lua foi um deles, depois Marte. Agora, o objetivo é visitar um asteroide. Trocando de missões a todo o momento, a agência espacial perdeu o sentido. Passou a absorver coisas menos glamourosas, e os oficiais passaram a estourar o tempo e o orçamento dos projetos.

A NASA construiu no Mississippi um monumento à sua própria falta de rumo. A torre inútil foi elaborada por pessoas que acreditam que o programa espacial americano não tem nada melhor para desenvolver. O chefe de soldagem que ajudou na construção da torre, David Forshee, lamentou a construção. “Mas o que eles estão pensando? Sabe, tem muita gente que trabalha duro para ganhar dinheiro. É triste saber isso, eu pensei que estava realmente fazendo algo bom para a população”, concluiu Forshee.

O projeto da câmara de simulação de vácuo, iniciado em 2007, havia sido orçado em US$ 119 milhões e deveria ser concluído em 2010. Porém, o preço começou a subir devido aos preços estabelecidos pela construtora. Estudos realizados nos EUA comprovaram que apesar dos projetos atrasarem ou estourarem o orçamento previsto inicialmente, a NASA raramente os cancela.

Fontes:
Washington Post-NASA’s $349 million monument to its drift

3 Opiniões

  1. Carlos disse:

    O autor da notícia tem mais um motivo para afirmar que a NASA está perdida no meio de vários objetivos, como se estivesse no meio de um tiroteio: agora eles querem “criar habitações humanas na atmosfera de Vênus”, podem pesquisar isso.

  2. Joma Bastos disse:

    Um monumento à inutilidade!

  3. Roberto1776 disse:

    Parece que a influência do PETÊ está atingindo nível internacional.
    Este partido faz mal a todo o mundo!!!
    O Obama é um proto-esquerdista e deve sofrer forte influência muçulmana.
    Vivemos a 25ª hora; tá tudo dominado. Parece que Gramsci venceu!!!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *