Início » Internacional » Nasa investiga possível primeiro crime espacial da história
INTERNACIONAL

Nasa investiga possível primeiro crime espacial da história

Astronauta é investigada por roubo de identidade por ter acessado conta de esposa enquanto estava em órbita, na Estação Espacial Internacional

Nasa investiga possível primeiro crime espacial da história
McClain teria acessado a conta bancária de sua esposa (Foto: Nasa/Divulgação)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Agência Espacial Americana (Nasa) investiga o que pode ser o primeiro crime da história cometido no espaço. A astronauta Anne McClain está sendo acusada pela esposa, a ex-agente de inteligência Summer Worden, da Aeronáutica, de ter acessado ilegalmente sua conta bancária, segundo uma reportagem do New York Times.

O crime teria sido cometido enquanto McClain estava em órbita, na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), no primeiro semestre deste ano. A astronauta está sendo acusada de roubo de identidade, mas nega as acusações.

McClain e Worden estão em um duro processo de divórcio desde 2018. Elas se casaram em 2014, antes de Worden dar à luz a uma criança. McClain alega que apenas checou as finanças do casal, que ainda estariam atreladas, o que faria regularmente para verificar se havia dinheiro para pagar todas as contas. Pelas redes sociais, McClain agradeceu o apoio que tem recebido.

“Inquestionavelmente, não há verdade nessas alegações. Estamos passando por uma separação pessoal e dolorosa que, infelizmente, está agora na mídia. Agradeço a manifestação de apoio e reservarei comentários até depois da investigação”, escreveu a astronauta, que iria integrar a primeira caminhada espacial totalmente feminina da Nasa. No entanto, a missão foi cancelada por falta de trajes especiais.

Worden disse ter ficado “chocada” ao descobrir que suas contas bancárias estavam sendo acessadas da estação espacial. O advogado de McClain, Rusty Hardin, afirmou que a astronauta está cooperando com as investigações, além de negar que tenha feito algo impróprio. McClain está na Terra desde junho, quando terminou sua última missão espacial.

Atualmente, a ISS segue as leis da Terra, dependendo da nacionalidade de cada astronauta. Ao todo, existem cinco agências nacionais ou internacionais que usam a ISS. Caso um cidadão americano cometa um crime, ele está sujeito à lei dos EUA. Se um russo cometer um delito, ele responderá à legislação da Rússia, e assim sucessivamente.

Fontes:
BBC-Como divórcio teria levado Nasa a investigar denúncia do primeiro crime no espaço

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *