Início » Internacional » Neozelandeses entregam armas voluntariamente após atentado
NOVA ZELÂNDIA

Neozelandeses entregam armas voluntariamente após atentado

Dezenas de neozelandeses estão se dirigindo às delegacias de polícia e entregando as armas às autoridades

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Após o ataque a tiros a duas mesquitas na última sexta-feira, 15, dezenas de neozelandeses estão entregando voluntariamente suas armas. Estima-se que existam 1,2 milhão de armas legais na Nova Zelândia. A primeira-ministra do país, Jacinda Ardern, já anunciou que a legislação das armas no país vai mudar.

O movimento para a entrega das armas começou na última segunda-feira, 18. A polícia neozelandesa orientou que os cidadãos interessados em entregar as armas voluntariamente entrem em contato com as delegacias policias mais próximas por medida de segurança.

“Até hoje eu era um dos neozelandeses que possuía um rifle semiautomático. Na fazenda eles são uma ferramenta útil em algumas circunstâncias, mas minha conveniência não supera o risco de uso indevido. Não precisamos disso em nosso país”, escreveu o fazendeiro John Hart, um dos primeiros neozelandeses a fazer a entrega da arma.

O fazendeiro recebeu o apoio de dezenas de milhares de pessoas pelo mundo. No entanto, ele não está sozinho no movimento. Um usuário do Twitter identificado como “Blackstone” também revelou pelas redes sociais que desistiu da sua arma. Em seu formulário de entrega de armas, ele afirmou que “não quero isso [a arma]”. Em sua postagem ele informou que tinha a arma há 31 anos, mas que não falaria com a imprensa, “principalmente americana”, sobre isso.

Outras dezenas de usuários neozelandeses também informaram que entregaram suas armas à polícia para a destruição. A internauta “Fey Hag” revelou que usou armas desde os nove anos de idade, mas optou por pedir a destruição das suas.

Fontes:
CNN-This New Zealand gun owner voluntarily gave up his semi-automatic firearm. Here's why
Channel New Asia-New Zealanders give up guns after massacre, but some face blowback
The Washington Post-Gun owners in New Zealand brace for big changes to their right to carry

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Almanakut Brasil disse:

    Tirar as ratoeiras e espalhar o queijo foi o que fez o Brasil, depois do Regime Militar, o brando.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *