Início » Internacional » Nepal estabelece novas regras para escalar o Everest
APÓS MORTES

Nepal estabelece novas regras para escalar o Everest

A partir de agora, apenas alpinistas com experiência poderão escalar o Everest

Nepal estabelece novas regras para escalar o Everest
Um total de 11 pessoas morreram ou desapareceram quando escalavam a montanha em maio (Fonte: Reprodução/Pixabay)

Uma comissão formada pelo governo do Nepal determinou novas regras para escalar o Everest após uma das temporadas com o maior número de mortes dos últimos anos.

Os alpinistas agora terão que certificar experiência anterior em montanhismo de alta altitude. As mortes registradas no Everest têm sido relacionadas à inexperiência e à aglomeração perto do cume do monte.

Um total de 11 pessoas morreram ou desapareceram quando escalavam a montanha de 8.850 metros de altura, em maio, sendo nove no lado nepalês e outras duas no lado tibetano.

Um painel do governo do Nelpal, que é formado por autoridades do governo, especialistas em alpinismo e agências que representam a comunidade do alpinismo, foi criado após alpinistas e guias criticaram autoridades por permitirem que qualquer pessoa que pagasse US$ 11 mil escalasse o Everest.

Há tempos algumas empresas veteranas alertavam para as consequências perigosas da inexperiência e das aglomerações nas encostas do Everest.

De acordo com as novas regras, quem quiser subir o Everest precisa já ter escalado pelo menos um pico nepalês de mais de 6.500 metros para então obter a autorização. Os alpinistas também irão precisar apresentar um atestado de boa saúde e bom condicionamento físico e estar acompanhado por um guia nepalês treinado.

Um dos membros do painel informou que os alpinistas morreram devido a problemas decorrentes da altitude, como ataque cardíaco, exaustão ou fraqueza, e não por conta de “engarrafamentos”.

O Nepal abriga oito das 14 montanhas mais altas do mundo. A escalada de montanhas é uma importante fonte de emprego e renda para o país.

Fontes:
The Guardian - Nepal sets new rules for Everest climbers after deadly season

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *