Início » Internacional » Nobel de Literatura 2018 é suspenso após escândalo sexual
ACADEMIA SUECA

Nobel de Literatura 2018 é suspenso após escândalo sexual

Academia Sueca informou que 'o Prêmio Nobel 2018 de Literatura será designado e anunciado ao mesmo tempo que o premiado de 2019

Nobel de Literatura 2018 é suspenso após escândalo sexual
Desde a fundação da academia, em 1786, o prêmio já foi suspenso sete vezes (Fonte: Reprodução/AlfredNobel.org/BBC Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Prêmio Nobel de Literatura 2018 ficará para 2019. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 4, pela Academia Sueca em função de um escândalo de agressões sexuais que atingiu a instituição.

Em comunicado, a Academia Sueca informou que “o Prêmio Nobel 2018 de Literatura será designado e anunciado ao mesmo tempo que o premiado de 2019”.

Desde a fundação da academia, em 1786, o prêmio já foi suspenso sete vezes: em 1915, 1919, 1925, 1926, 1927, 1936 e 1949. “Os membros ativos da Academia Sueca estão, é claro, plenamente conscientes de que a atual crise de confiança representa um importante desafio em longo prazo e requer um trabalho sólido de reforma”, disse o presidente permanente interino, Anders Olsson.

Ainda de acordo com Anders Olsson, “acreditamos que seja necessário destinar tempo para recuperar a confiança pública na Academia antes que se possa anunciar o próximo ganhador”.

A crise começou em novembro do ano passado, quando o jornal sueco Dagens Nyheter publicou denúncias de agressão sexual, feitas por 18 mulheres, contra o fotógrafo francês Jean-Claude Arnault, que era responsável por um projeto financiado pela Academia Sueca e que é uma influente figura da cena cultural de Estocolmo.

Arnault, que é marido da poetisa e membro da Academia Katarina Frostenson, negou todas as acusações. O escândalo, que provocou polêmica, resultou na renúncia de seis membros da Academia, incluindo a secretária permanente Sara Danius.

A Academia Sueca rompeu ainda em novembro qualquer vínculo com Arnault, que é acusado de ter cometido estupro e outras agressões sexuais em 2013 e 2015.

Fontes:
Estado de Minas - Após escândalo sexual, Nobel de Literatura 2018 fica para 2019

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *