Início » Internacional » Noruega lidera ranking global de felicidade
ESTUDO ANUAL

Noruega lidera ranking global de felicidade

Brasil ocupa a 22ª colocação no ranking

Noruega lidera ranking global de felicidade
A Noruega ocupou o quarto lugar no ranking do ano passado (Fonte: Reprodução/Reuters)

O Relatório Mundial da Felicidade 2017, divulgado nesta segunda-feira, 20, em Nova Iorque, revelou que a Noruega é o país mais feliz do mundo. O estudo anual inclui um total de 155 países.

A Noruega ocupou o quarto lugar no ranking do ano passado. Neste ano, passou à liderança, superando a Dinamarca, que foi a primeira colocada na edição anterior. O terceiro lugar é ocupado pela Islândia, seguida por Suíça e Finlândia. Completam os dez primeiros lugares do ranking Holanda, Canadá, Nova Zelândia, Austrália e Suécia.

O Brasil ocupa a 22ª colocação, logo atrás dos Emirados Árabes Unidos e logo à frente da República Tcheca e da Argentina. Entre os países da América do Sul o Chile é o mais feliz, ocupando o 20° lugar.

Os últimos lugares do ranking global de felicidade são ocupados por Síria, na 152ª posição, seguida por Tanzânia, Burundi e República Central Africana. A maioria dos 30 países em pior colocação fica na África.

O ranking leva em consideração o PIB per capta, a expectativa média de vida, a percepção de apoio recebido no próprio ambiente social e a percepção de confiança no governo e nas empresas em relação à corrupção. Fatores negativos, como preocupações, tristeza e raiva, também são levados em consideração.

O Relatório Mundial da Felicidade é produzido desde 2012 com apoio das Nações Unidas.

Fontes:
G1 - Noruega é o país mais feliz do mundo, diz estudo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Rogerio Faria disse:

    Brevik diz que também é muito feliz.

  2. laercio disse:

    Um país composto de pedra e gelo consegue criar e distribuir riquezas proporcionalmente ao seu povo!
    O Brasil com dimensões continentais de terras e recursos não consegue trazer tal felicidade para o povo por culpa das políticas desastrosas e do não rompimento de tratados internacionais que interessam aos novos neo colonizadores.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *