Início » Internacional » Nova Déli está envolta em poluição atmosférica
NÍVEL RECORDE

Nova Déli está envolta em poluição atmosférica

Desde 3 de novembro a cidade está coberta por um espesso nevoeiro três vezes superior ao nível de risco do Índice de Qualidade do Ar

Nova Déli está envolta em poluição atmosférica
O governo decretou estado de emergência na área de saúde (Foto: Twitter/Mohandas Menon)

Moradores de Nova Déli enfrentam níveis recordes de poluição
atmosférica e, desde 3 de novembro, a cidade está coberta por um
espesso nevoeiro três vezes superior ao nível de risco do Índice de
Qualidade do Ar (AQI).

Os voos foram adiados e os pilotos não conseguiram pousar no aeroporto
internacional de Nova Déli devido à falta de visibilidade.

No início da semana, o nível do AQI permaneceu acima de 800 em certos
bairros da cidade, o pior nível de poluição atmosférica registrado em
mais de três anos.

O governo decretou estado de emergência na área de saúde. Os trabalhos
nos canteiros de obras foram interrompidos; as autoridades locais
reduziram a circulação de carros nas ruas; as escolas fecharam; e a
população foi aconselhada a não sair de casa.

Apesar das medidas adotadas, é pouco provável que elas tenham um
efeito eficaz na redução da poluição atmosférica causada, em grande
parte, por queimadas em colheitas em áreas vizinhas a Nova Déli.

Em um comunicado divulgado em 4 de novembro, o governo anunciou o
envio de 300 funcionários aos arredores de cidade para reforçar o
combate à queimada ilegal de colheitas.

Ao ser entrevistado pela CNN, Siddharth Singh, um morador de Noida,
uma cidade-satélite de Nova Déli, disse que “o ar tinha o cheiro de
folhas queimadas. A poluição provocava tosse e irritação nos olhos. E
a cidade estava envolta em uma névoa cinza e lúgubre”.

Nas palavras do ministro-chefe de Nova Déli, Arvind Kejriwal, os
incêndios nas colheitas transformaram a cidade em uma “câmara de gás”.
Kejriwal acusou os governos dos estados de Punjab e Haryana de serem
os principais culpados pela poluição em Nova Déli, por não imporem a
proibição das queimadas agrícolas em seus estados.

Mas além dos incêndios nas colheitas, nesta época do ano a poluição
atmosférica em Nova Déli aumenta devido à explosão de fogos de
artifício em comemoração ao Diwali, o festival de luzes da Índia.

As emissões de dióxido de carbono dos carros também contribuem para a
poluição atmosférica em Nova Déli. Este mês, o governo anunciou que
poria em prática mais uma vez o sistema de rodízio de placas para
diminuir o número de carros em circulação. Os infratores terão de
pagar uma multa de 4 mil rúpias (US$ 56) ao governo.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a poluição do ar é
responsável pela morte de 4,2 milhões de pessoas por ano. A poluição
também está associada ao aumento de casos de doenças, como de acidente
vascular cerebral, infarto, diabetes, câncer de pulmão e doenças
pulmonares crônicas.

Um estudo publicado em agosto deste ano, comparou a exposição à
poluição atmosférica por um longo período de tempo ao consumo de um
maço de cigarros por dia. As crianças que vivem em ambientes poluídos
têm deficiências em seu desenvolvimento físico e outros problemas de
saúde.

Segundo uma pesquisa recente do Greenpeace e do AirVisual Earth, um
ranking da qualidade do ar em tempo real, 22 cidades da Índia estão
entre as 30 cidades com o maior índice de poluição do mundo.

Fontes:
CNN-New Delhi is choking on smog and there's no end in sight

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *