Início » Internacional » Nova York vai proibir ‘fracking’
técnica controversa

Nova York vai proibir ‘fracking’

Técnica de extração de gás natural pode trazer riscos ao meio ambiente e à saúde pública

Nova York vai proibir ‘fracking’
Membros de movimento contra o 'fracking' celebram decisão do governador em Manhattan. (Reprodução/ Chang W. Lee/The New York Times)

Na última quarta-feira, 17, o governador de NovaYork, Andrew Cuomo, anunciou que será feita uma proibição de âmbito estadual na extração de gás de folhelho, mais conhecido como gás de xisto, a partir de um método controverso, chamado fraturamento hidráulico ou fracking.

Leia mais: Imóveis perto de áreas de ‘fracking’ enfrentam desvalorização
Leia mais: ‘Fracking’ pode se tornar um processo mais limpo
Leia mais: O ‘fracking’ é seguro?

Muitos geólogos acreditam que as profundas formações de xisto sob a camada do sul do estado, conhecido como bacia de gás xisto de Marcellus, contenha o gás em abundância. Mas extraí-lo, segundo as conclusões do governador, podem trazer riscos inaceitáveis ao meio ambiente e à saúde pública.

O fraturamento hidráulico envolve jatos de água, areia e substâncias químicas nas formações rochosas subterrâneas para liberação do gás. A técnica tem anos e é feita, na maior parte do tempo, sem incidentes, em centenas de milhares de poços de gás de xisto. Entretanto, os riscos de poluição da água e do ar se multiplicaram, já que os poços estão cada vez mais profundos para chegar a depósitos remotos.

Nova York fez uma moratória sobre o fraturamento hidráulico há quatro anos, que estabelecia que cada estado fizesse análises ambientais sobre o método. O governo afirma que a proibição total deva acontecer efetivamente no ano que vem.

Fontes:
The New York Times- Gov. Cuomo Makes Sense on Fracking

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *