Início » Internacional » Novas sanções dos EUA ao Irã ameaçam fabricação de tapetes persas
SANÇÕES ECONÔMICAS

Novas sanções dos EUA ao Irã ameaçam fabricação de tapetes persas

A imposição de novas sanções ameaça a fabricação dos tradicionais tapetes persas, cuja exportação é uma importante fonte de renda para o Irã

Novas sanções dos EUA ao Irã ameaçam fabricação de tapetes persas
'A produção e exportação de tapetes é vital para a economia do Irã', observou Sanam Vakil, membro sênior do instituto de pesquisa Chatham House (Fonte: Reprodução/Zollanvari)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A produção de tapetes no Irã emprega milhares de tecelões e tem uma receita de milhões de dólares em exportações. A decisão do presidente Donald Trump de retirar os EUA do acordo nuclear iraniano e de impor novas sanções econômicas ao país ameaçam a sobrevivência desse mercado.

“Cinquenta por cento dos tecelões terão de encontrar outros meios de subsistência, seja em outros trabalhos manuais ou em atividades diferentes”, disse Reza Zollanvari, cujo pai fundou a fábrica de tapetes Zollanvari, na cidade de Shiraz. A fábrica emprega cerca de 5 mil tecelões na produção de tapetes gabbehs, com desenhos mais simples do que os tradicionais tapetes persas.

 “A produção e exportação de tapetes é vital para a economia do Irã”, observou Sanam Vakil, membro sênior do Chatham House, um dos mais importantes institutos de pesquisa sobre políticas internacionais, com sede em Londres.

Após a suspensão das sanções contra o Irã pelo governo dos EUA em 2016, entre março de 2017 e janeiro de 2018 a receita de exportação de tapetes atingiu o valor de US$ 336 milhões, de acordo com o Iran National Carpet Center.

Há 8 anos, quando as sanções econômicas foram impostas em razão do desenvolvimento do programa nuclear iraniano as exportações para os EUA tiveram uma queda abrupta.

Até 2010, a Zollanvari exportava 3.500 metros quadrados de tapetes por ano para os Estados Unidos, o equivalente a 20% do total de seu mercado externo. Ao preço de US$ 521 por metro quadrado, os EUA representavam uma grande fonte de renda para a empresa.

 “As exportações tiveram uma redução drástica, mesmo para a Europa por causa das restrições bancárias e da dificuldade de envio de pagamentos ao Irã”, disse Zollanvari.

Para contornar o problema, no início de 2012 Zollanvari começou a fabricar tapetes de seda na Índia. Em 2016, com a suspensão do embargo e a assinatura do acordo nuclear pelos EUA, Reino Unido, França, China, Rússia e Alemanha a produção da fábrica no Irã se normalizou.

A fábrica começou a produzir tapetes maiores e entre janeiro de 2016 e junho de 2018, as exportações para os EUA voltaram a representar 20% do total das vendas da Zollanvari. Agora, as novas sanções dos EUA que entrarão em vigor em 6 de agosto ameaçam mais uma vez o futuro da produção dos tradicionais tapetes no Irã.

Fontes:
CNN - One of Iran's most iconic industries faces disaster

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *