Início » Cultura » Arquitetura » Novo museu em Pamplona
Cultura e arte

Novo museu em Pamplona

O museu de arte moderna da cidade basca de Pamplona inaugurado em janeiro deste ano pelo rei Felipe VI promete revitalizar a cidade

Novo museu em Pamplona
O Museo Universidad de Navarra construído em uma colina nos arredores do centro da cidade inspirou-se no Museo Guggenheim Bilbao projetado por Frank Gehry (Reprodução/Universidad de Navarra)

Pamplona, Iruña para os bascos, é a capital histórica do antigo reino de Navarra no norte da Espanha que, até então, era conhecida, sobretudo, pelo festival anual de San Fermín, com as corridas de touros imortalizadas por Ernest Hemingway em O sol é para todos e como um local de parada no caminho da peregrinação de Santiago de Compostela. Agora, a pequena cidade oferece uma nova atração cultural, seguindo o exemplo de sucesso na Espanha: a inauguração de um museu com uma arquitetura super moderna e elegante.

O Museo Universidad de Navarra construído em uma colina nos arredores do centro da cidade inspirou-se no Museo Guggenheim Bilbao projetado por Frank Gehry, com o objetivo de revitalizar a cidade basca de Bilbao, onde desde sua inauguração em 1997 recebe visitantes do mundo inteiro. Em Pamplona, Rafael Moneo, um arquiteto nascido em Navarra e ganhador do Pritzker Prize, o prêmio de arquitetura mais prestigioso do mundo, projetou um conjunto de formas geométricas interligadas em ziguezague, com as linhas suavizadas pelo tom rosado de sua fachada de concreto. O resultado é impressionante, embora seja um projeto menos revolucionário do que o prédio revestido por superfícies de titânio à margem do rio em Bilbao; mas as autoridades de turismo de Pamplona esperam um sucesso semelhante ao do Museo Bilbao Guggenheim.

Além da exibição de obras de arte, o museu também oferecerá cursos de curadoria e museologia. Segundo Rafael Llano, diretor de pesquisa e programação do comitê artístico, com o apoio tradicional da iniciativa privada, o museu aumentará seu acervo com a produção artística de novas obras. Assim, ele espera que Pamplona resgate os momentos de glória cultural dos “Los Encuentros de Pamplona” em 1972, um encontro com a duração de uma semana de grupos de artistas para redefinir a arte espanhola nos últimos anos do governo ditatorial de Francisco Franco.

Fontes:
The Economist-Being bullish

1 Opinião

  1. helo disse:

    Pamplona se inspirou em Bilbao para revitalizar a cidade com um museu. Rafael Moneo não se inspirou no projeto de Frank Gehry. Propostas muito diferentes.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *