Início » Internacional » Número de deslocados por conflitos passa de 65 milhões
RELATÓRIO DA ACNUR

Número de deslocados por conflitos passa de 65 milhões

Uma a cada 113 pessoas no mundo era refugiada, estava em busca de refúgio ou tinha migrado em seu próprio território ao final de 2015

Número de deslocados por conflitos passa de 65 milhões
A maior parte dos deslocados se locomoveu dentro do seu próprio país (Fonte: Reprodução/Reuters)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um relatório da ACNUR, braço da ONU para refugiados, revelou que o número de deslocados por conflitos, perseguição, violações de direitos humanos ou violência de forma geral atingiu o recorde de 65,3 milhões de pessoas no fim do ano passado.

Isso significa que uma a cada 113 pessoas no mundo era refugiada, estava em busca de refúgio ou tinha migrado em seu próprio território ao final de 2015.

De acordo com a ACNUR, trata-se de um novo recorde desde o período após a II Guerra Mundial. Além disso, o aumento do número de pessoas deslocadas em todo o mundo foi de quase 10% em relação ao ano anterior.

Levando-se em conta um período de cinco anos, coincidindo, portanto, com o início da guerra civil na Síria e da Primavera Árabe, o aumento foi de 50%.

O porta-voz da ACNUR no Brasil, Fernando Godinho, ressaltou que “a mensagem é que a comunidade internacional precisa se mover em torno da prevenção e da solução de conflitos. Não dá para achar que as crises humanitárias têm uma solução humanitária; a solução é política”. Godinho afirmou ainda que “o relatório do ano que vem pode ser ainda mais grave”.

Do total de 65,3 milhões de deslocados, a maior parte, ou seis em cada dez, se locomoveu dentro de seu próprio país.

A ACNUR informou também que o aumento do número de deslocados em todo o mundo foi provocado “em grande medida pela persistência de violência e conflitos no Oriente Médio, com Iêmen, Síria e Iraque representando mais da metade dos novos deslocamentos em 2015”.

O relatório revelou ainda que 51% dos refugiados, ao final de 2015, tinham menos de 18 anos de idade. Houve também um aumento significativo do número de menores de idade viajando sozinhos.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Deslocados por conflitos no mundo superam 65 milhões ao fim de 2015

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *