Início » Internacional » Número de imigrantes que chegaram à Itália passa de 50 mil
Crise no mediterrâneo

Número de imigrantes que chegaram à Itália passa de 50 mil

O último fim de semana foi o mais crítico desde o início da crise de imigração na Europa. Cerca 5.800 imigrantes foram resgatados no Mediterrâneo

Número de imigrantes que chegaram à Itália passa de 50 mil
As mortes no Mediterrâneo este ano já chegaram a 1.800 (Foto: Flickr)

O número de imigrantes que chegaram à Itália pelo Mediterrâneo passou de 50 mil no último fim de semana, quando cerca 5.800 imigrantes foram resgatados pela Guarda Costeira italiana.

O último fim de semana foi o mais crítico desde o início da crise de imigração na Europa. Segundo Nick Cooke-Priest, capitão do barco de resgate Royal Navy’s HMS Bulwark, afirmou ao jornal Guardian que foram dois dias “intensos e complexos”.

As mortes no Mediterrâneo este ano já chegaram a 1.800, gerando uma das maiores crise humanitárias da Europa. Um dos piores episódios foi em abril, quando um barco de imigrantes naufragou matando 800 pessoas.

Grande parte dos imigrantes provém da Líbia, onde o governo está em colapso. Porém, também há imigrantes que fugiram da Eritreia, da Síria, da Nigéria e do Mali. O primeiro-ministro britânico, David Cameron, estuda oferecer mais ajuda financeira e humanitária à Líbia e a seus países vizinhos.

A proposta de Cameron é baseada na bem sucedida estratégia usada pela Espanha em 2006 para conter a imigração de africanos para as Ilhas Canárias, território espanhol que fica na costa do Marrocos. Na época, o governo espanhol formou uma parceria com os países da África Ocidental para combater as gangues de traficantes de imigrantes que agiam na região.

A União Europeia está discutindo formas de cessar a onda de imigrantes. Entre as propostas já aprovadas está o uso de força militar contra barcos de traficantes de pessoas. Outra proposta, mais controversa, determina cota de imigrantes para todos os países do bloco, aliviando assim o fluxo suportado por Grécia e Itália.

Fontes:
The Guardian-Mediterranean migrant crisis: number of arrivals in Italy in 2015 passes 50,000

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *