Início » Internacional » Número de mortes por tufão nas Filipinas chega a 74
TUFÃO MANGKHUT

Número de mortes por tufão nas Filipinas chega a 74

Número de vítimas fatais da passagem do tufão Mangkhut pelo norte do país pode subir ainda mais, já que dezenas de pessoas ainda estão desaparecidas

Número de mortes por tufão nas Filipinas chega a 74
Mais de 590 mil pessoas foram afetadas pelo tufão (Foto: Divulgação/União Europeia)

O número de mortes nas Filipinas em decorrência da passagem do tufão Mangkhut pelo norte do país segue aumentando. Ao todo, já foram registradas 74 mortes, mas o número ainda pode subir. Isso porque dezenas de pessoas ainda estão desaparecidas, e 40 permanecem soterradas por causa de um deslizamento de terra.

Apesar do crescente número de mortos, as autoridades celebram o sucesso ao lidar com o tufão, considerado o mais forte do ano. Isso porque, em 2013, o número de óbitos foi vertiginosamente maior, ultrapassando as 6 mil.

Os danos causados pelo Mangkhut ainda serão analisados pelas autoridades, tanto em questão estrutural, quanto humanitária. A principal região atingida foi o norte da Ilha de Luzon, onde foram registrados deslizamentos de terra, inundações e inúmeras mortes.

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, visitou familiares de vítimas fatais e entregou um cheque de cerca de US$ 830, além de artigos de necessidade básica e ajuda financeira para sepultar os mortos. Ao todo, quase 600 mil pessoas foram afetadas pelo tufão, com 20 mil ainda permanecendo fora de suas casas.

A tempestade já deixou as Filipinas e se dirigiu ao sul da China, onde causou a morte de quatro pessoas até a manhã desta terça-feira, 18. Na Tailândia, diferentes cidades ficaram inundadas pela força do tufão. Já em Hong Kong, 213 pessoas ficaram feridas, segundo informou a agência de notícias Xinhua.

Nesta terça-feira, a Comissão Europeia anunciou que está destinando 2 milhões de euros para ajudar na recuperação humanitária das Filipinas após a passagem do tufão. Segundo o anúncio, o bloco econômico vai financiar organizações humanitárias para atender as necessidades mais urgentes dos cidadãos afetados.

“A UE está a apoiar os necessitados nas Filipinas, muitos dos quais estão a sofrer os efeitos devastadores do ciclone. A nossa contribuição fornecerá abrigo, distribuição de artigos de emergência, água e saneamento, segurança alimentar para os mais vulneráveis ​​entre aqueles que perderam suas casas”, afirmou o comissário de Ajuda Humanitária e Gestão de Crises da Comissão Europeia, Christos Stylianides, através de um comunicado.

 

Leia mais: Tufão deixa 65 mortos e mineiros presos nas Filipinas

Fontes:
Agência Brasil-Tufão Mangkhut matou pelo menos 74 pessoas nas Filipinas
G1-Tufão Mangkhut deixa 74 mortos nas Filipinas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *