Início » Internacional » Número de mortos em incêndios na Califórnia sobe para 50
ESTADOS UNIDOS

Número de mortos em incêndios na Califórnia sobe para 50

Dois incêndios afetam a Califórnia e já causaram a morte de 50 pessoas. Um deles, o 'Camp Fire', já é o maior e mais mortal a atingir o estado

Número de mortos em incêndios na Califórnia sobe para 50
Bombeiros continuam lutando para controlar as chamas (Foto: Douglas Morrison/LACoFD)

Subiu para 50 o número de mortos nos incêndios da Califórnia, que continuam atingindo o estado americano nesta terça-feira, 13. O Camp Fire, como está sendo chamado, já é o maior e mais mortal incêndio a atingir o estado, tendo causado a morte de 42 pessoas, enquanto o Woolsey Fire, ao sul do estado, matou duas pessoas.

O Camp Fire começou ainda na semana passada, mas os bombeiros só conseguiram controlar 30% das chamas até o momento. Cerca de 200 pessoas ainda estão desaparecidas, o que pode fazer com que o número de vítimas fatais aumente nas próximas horas. Já o Woolsey Fire já teve 20% das suas chamas controladas.

Até o momento, as chamas do Camp Fire já destruíram 7 mil construções, entre lojas, edifícios e casas, e devastaram 45,7 mil hectares. Já o Woolsey Fire consumiu 370 construções e destruiu 37,6 mil hectares. Centenas de milhares de pessoas já foram deslocadas pelas autoridades, que lutam para impedir que novas mortes ocorram. Ordens de retirada continuam a ser emitidas à medida que as chamas avançam.

O estado da Califórnia tem sido constantemente atingido pelas chamas este ano. Recentemente, em junho e julho, dois incêndios obrigaram dezenas de milhares de pessoas a deixarem suas casas. O New York Times aponta que lidar com incêndios já faz “parte de ser um californiano”.

Através das redes sociais, o governador da Califórnia, Gavin Newson, alerta a população dos riscos da fumaça dos incêndios para a saúde. O governador destaca que, mesmo que a pessoa não esteja em uma área afetada diretamente, alguns cuidados devem ser tomados, como a utilização de máscaras, que estão disponíveis gratuitamente.

A cidade de Paradise, de 26 mil habitantes, foi uma das mais atingidas pelas intensas chamas. Apenas na última segunda-feira, 12, dez corpos foram recuperados no local, enquanto outros três foram encontrados na cidade de Concow.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou as redes sociais para parabenizar as autoridades californianas pelo trabalho de combate às chamas e proteção da população. Além disso, informou que assinou uma declaração para oferecer ajuda financeira do governo federal aos afetados. Os recursos serão voltados para alojamento, desemprego, despesas legais e tratamento psicológico.

“Acabo de aprovar a solicitação de Desastre de Especial Gravidade para o estado da Califórnia. Queria responder rápido para aliviar um pouco esse incrível sofrimento. Estou com vocês. Deus abençoe todas as vítimas e famílias afetadas”, escreveu Trump no Twitter.

 

Leia mais: Califórnia enfrenta incêndio mais devastador da história do estado

Fontes:
The New York Times-California Fire Death Toll Now at 44 With Discovery of 13 More Bodies
Agência Brasil-Sobe para 42 número de mortos em incêndio na Califórnia

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *