Início » Internacional » Número de mortos em terremoto na Itália passa de 240
DANOS E MORTES

Número de mortos em terremoto na Itália passa de 240

Fontes da Defesa Civil afirmaram que o número de mortos ainda deve subir

Número de mortos em terremoto na Itália passa de 240
Cidade de Amatrice foi a mais afetada pelo terremoto (Fonte: Reprodução/AP)

O Departamento de Proteção Civil da Itália informou nesta quinta-feira, 25, que o número de mortos após o terremoto de 6,2 graus na escala Richter que atingiu a região central da Itália na madrugada desta quarta-feira, 24, subiu para 247.

Mais de 350 pessoas ficaram feridas. O terremoto atingiu cidades e vilarejos montanhosos. Fontes da Defesa Civil afirmaram que o número de mortos deve subir. Acredita-se que dezenas de pessoas ainda estejam sob os escombros.

A cidade de Amatrice, que tem 2 mil habitantes, foi a mais afetada. Durante o verão, a população local duplica com a chegada de turistas. Já havia muitos deles por lá devido a uma festa criada na região que seria realizada neste final de semana.

O prefeito de Amatrice, Sergio Pirozzi, assegurou que há centenas de desaparecidos. As operações de resgate contam com a ajuda de cães farejadores.

O Exército também foi mobilizado para os trabalhos de resgate, que são complicados por se tratar de pequenas localidades montanhosas, e ainda para garantir a segurança dos moradores, que temem a chegada de ladrões.

Milhares de italianos passaram a primeira noite após o terremoto nas ruas das regiões de Lazio e de Marcas. Foram montadas tendas para os desabrigados, mas muitos deles optaram por permanecer perto de suas casas — ou do que sobrou delas.

Mais de quatro mil pessoas ficaram desabrigadas após o forte terremoto na região central da Itália. O Ministério de Economia e Finanças informou que foram destinados € 234 milhões para emergência imediada.

Fontes:
Uol - Sobe para mais de 240 o nº de mortos em terremoto no centro da Itália
Uol - Após terremoto, milhares de italianos passam a noite ao relento

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *