Início » Internacional » Número de vítimas civis no Afeganistão atinge recorde no 1º semestre
Dados da ONU

Número de vítimas civis no Afeganistão atinge recorde no 1º semestre

De acordo com a ONU, 1.592 civis morreram no país nos primeiros seis meses do ano

Número de vítimas civis no Afeganistão atinge recorde no 1º semestre
Civis sofrem com a violência no Afeganistão (Fonte: Reprodução/Reuters)

A ONU anunciou nesta quarta-feira, 5, que o número de vítimas civis no conflito do Afeganistão atingiu a marca recorde de 1.592 mortos e 3.329 feridos no primeiro semestre do ano. O anúncio acontece cerca de sete meses após o fim da missão de 13 anos da Otan no Afeganistão.

O número de vítimas civis nos primeiros seis meses do ano aumentou 1% em relação ao mesmo período de 2014. Trata-se do índice mais alto desde 2009, quando os dados passaram a ser registrados.

De acordo com a ONU, a morte de civis resulta principalmente dos combates entre insurgentes e forças de segurança — sendo 70% devido a ações dos insurgentes.

O diretor da Missão da ONU no Afeganistão, Nicholas Haysom, diz que “as estatísticas frias sobre vítimas civis não traduzem o horror da violência no Afeganistão”.

Cerca de 13 mil soldados estrangeiros continuam no Afeganistão mesmo após o fim da missão de combate da Otan no país. A missão deles, no entanto, limita-se a treinar militares afegãos.

Fontes:
G1 - 1.592 civis morreram no Afeganistão no 1º semestre, um recorde, diz ONU

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *