Início » Vida » Ciência » O benefício de uma dieta rica em fibras
SAÚDE

O benefício de uma dieta rica em fibras

Cientistas estudam o benefício de uma dieta rica em fibras para a saúde

O benefício de uma dieta rica em fibras
A fibra que nós comemos alimenta bilhões de bactérias dos nossos intestinos (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma dieta rica em fibras reduz o risco de desenvolver diabetes, doenças cardíacas e artrite. Comer mais fibras parece diminuir a taxa de mortalidade, independente da causa. É por isso que especialistas dizem que uma dieta rica em fibras é benéfica para a saúde. Mas apesar de os benefícios serem claros, o motivo pelo qual as fibras fazem tão bem ainda não está muito bem explicado.

O biólogo Frederik Bäckhed, da Universidade de Gothenburg, na Suécia, e outros cientistas estão conduzindo experimentos para saber mais sobre o papel das fibras na saúde humana. A pesquisa deles indica que a fibra não entrega muitos de seus benefícios diretamente para os organismos, sendo um processo indireto. Em vez disso, a fibra que nós comemos alimenta bilhões de bactérias dos nossos intestinos. Deixando elas felizes, nossos intestinos e nossos sistemas imunológicos trabalham bem.

Para digerir a comida, precisamos banhá-las em enzimas, que a fragmenta em moléculas. Estes fragmentos moleculares passam então pela parede do intestino e são então absorvidos. Só que nosso organismo faz um número limitado destas enzimas.

A habilidade destas bactérias sobreviverem nas fibras que não podemos digerir fez com que vários especialistas pensassem se as bactérias estão relacionadas com os benefícios da dieta rica em fibras. Segundo dois estudos recentemente publicados no jornal Cell Host and Microbe, parece que sim.

Em um experimento, de Andrew T. Gewirtz e seus colegas, eles alimentaram ratos com uma dieta com poucas fibras e rica em gordura. A população de bactérias no intestino diminuiu drasticamente.

Bäckhed e seus colegas fizeram um experimento similar, no qual os ratos tiveram sua dieta trocada de comida rica em fibras para uma dieta com poucas fibras. A mudança da diversidade do microbioma intestinal foi dramática. Muitas espécies comuns se tornaram raras e vice-versa. Além disso, os intestinos ficaram menores. Em poucos dias, os intestinos dos ratos desenvolveram uma inflamação crônica. Após algumas semanas, os ratos desenvolveram altas taxas de açúcar no sangue.

Eles também deram água aos ratos com uma dieta rica em gordura com uma espécie de fibra que alimenta as bactérias. A adição mudou a saúde dos camundongos para melhor: mesmo em uma dieta rica em gordura, eles produziram mais muco em seus intestinos, criando uma barreira saudável para manter as bactérias das paredes intestinais.

A fibra, no entanto, só restaurou uma parte da saúde dos ratos. Isso provavelmente ocorreu porque precisamos de diferentes fibras de plantas. É possível que cada tipo de fibra alimente certas bactérias, que enviam sinais importantes para os organismos. Segundo Gewirtz, as células intestinais dependem de sinais químicos das bactérias para funcionar adequadamente.

 

 

Fontes:
The New York Times-Fiber Is Good for You. Now Scientists May Know Why.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *