Início » Internacional » O dilema do anonimato na era da informação
Bases de Dados

O dilema do anonimato na era da informação

As bases de dados podem ser anônimas e úteis ao mesmo tempo?

O dilema do anonimato na era da informação
As pessoas querem a privacidade ao mesmo tempo em que anseiam pelos benefícios da abertura de dados (Foto: Pixabay)

Tornar um registro de dados em um registro anônimo normalmente significa a remoção de informações pessoais identificáveis, como nomes, números de telefones, endereços, além de vários detalhes como datas de nascimento. Desta forma, o registro é então considerado seguro para ser liberado para pesquisadores, e até mesmo para o público. Muitas pessoas oferecem informações para estudos médicos, por exemplo, acreditando que isso vai acontecer.

No entanto, a habilidade de comparar bases de dados ameaça essas proteções. Comparações com outras informações publicamente disponíveis, por exemplo, podem acabar com o anonimato.

Os carros modernos, por sua vez, costumam registrar dados em seus computadores sobre como, quando e onde o veículo foi usado. Comparando os registros de muitos veículos, diz Viktor Mayer-Schönberger do Oxford Internet Institute, isto poderia fornecer uma base sólida para localizar trechos perigosos da estrada. Da mesma forma, que uma abertura de registros de saúde, especialmente em um país como a Grã-Bretanha, que tem um serviço nacional de saúde, quando cruzados com outros dados pessoais, pode ajudar a revelar as causas múltiplas de doenças como Alzheimer.

Este, no entanto, é um verdadeiro dilema. As pessoas querem a privacidade ao mesmo tempo em que anseiam pelos benefícios da abertura de dados. Mas elas não podem ter ambos. Pior do que isso é a falta de padrão do anonimato. Cada estado americano, por exemplo, tem a sua própria receita para o que constitui um nível adequado de anonimato em um registro de dados.

Fontes:
The Economist-We’ll see you, anon

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *