Início » Internacional » O fim do Cristianismo no Oriente Médio?
Religião

O fim do Cristianismo no Oriente Médio?

O Estado Islâmico e outros movimentos extremistas na região escravizam, matam e banem cristãos, e não há ninguém para ajudar

O fim do Cristianismo no Oriente Médio?
Antes 14% da população do Oriente Médio, hoje os cristãos são apenas aproximadamente 4% (Foto: Pixabay)

Por mais de uma década, extremistas islâmicos têm atacado cristãos e outras minorias em países do Oriente Médio. De 1910 a 2010, a porcentagem da população do Oriente Médio que era cristã – em países como Egito, Israel, Palestina a Jordânia – continuou a cair; antes 14% da população, hoje os cristãos são apenas aproximadamente 4% (no Irã e na Turquia, são quase inexistentes). No Líbano, o único país da região onde cristãos têm significativo poder político, os números caíram ao longo do último século, de 78% a 34% da população.

A Primavera Árabe só fez tudo piorar. Enquanto ditadores como Hosni Mubarak no Egito e Kaddafi na Líbia era derrubados, suas antigas proteções à minorias também chegavam ao fim. Agora, o Estado Islâmico quer erradicar cristãos e outras minorias de uma vez por todas. O grupo deturpa a história cristã na região para tornar legítimos seus costumes milenares.

Recentemente, o Estado Islâmico postou vídeos traçando o status de segunda classe dos cristãos no califado. Aqueles não dispostos a pagar o imposto de jizya ou a se converter seriam destruídos, disse o narrador, enquanto os vídeos culminavam nas já infames cenas de cristãos egípcios e etíopes na Líbia sendoforçados a marchar até a praia para serem decapitados.

O futuro do cristianismo na região de sua origem é, hoje em dia, incerto. “Por mais quanto tempo podemos fugir até que nós e outras minorias nos tornemos casos em livros de história?”, questiona Nuri Kino, jornalista e fundador do grupo “Demand for Action” (Exija ação, em português). De acordo com um estudo, cristãos hoje enfrentam mais perseguição religiosa do que em qualquer outro período da história.

Fontes:
New York Times - Is This the End of Christianity in the Middle East?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *