Início » Internacional » O Império Turco-Otomano inicia o genocídio armênio
NESTA DATA

O Império Turco-Otomano inicia o genocídio armênio

Em 24 de abril de 1915, o Império Turco-Otomano iniciou o genocídio que dizimou milhares de armênios em seu território

O Império Turco-Otomano inicia o genocídio armênio
Milhares de armênios foram deslocados para campos de concentração nos desertos da região (Foto: Wikipedia)

Em meio ao contexto da Primeira Guerra Mundial, o Império Turco-Otomano deu início ao genocídio que dizimou milhares de armênios em seu território, em 24 de abril de 1915. Até hoje a República da Turquia – sucessora do Império Turco-Otomano – não reconhece o genocídio contra o povo armênio.

No início do século XX, o Império Turco-Otomano, que controlava uma vasta área entre a Europa e a Ásia, começou a perder diversos territórios e temia perder a região habitada pelos armênios – região estratégica por ser próxima à Rússia. Com a aproximação da guerra, o governo turco-otomano adotou uma política conhecida como panturquismo, em que povos turcos e turco-descendentes fossem valorizados em detrimento de outras etnias.

A partir dessa política, os povos armênios se uniram a outras etnias para combater os turcos do império. Os armênios inclusive lutaram ao lado dos russos, inimigos históricos dos turcos. Com isso, as autoridades turcas enxergaram isso como traição e usaram como justificativa para instituir uma política de extermínio da população armênia.

Autorizado pelo Sultão Abdul-Hamid II e organizado pelo primeiro-ministro turco, Mehmet Talaat, o ministro da guerra, Ismail Enver, e o ministro da Marinha, Ahmed Jemal, o genocídio foi iniciado com a prisão de 250 líderes e intelectuais em Constantinopla e com tropas se dirigindo às cidades armênias, obrigando as famílias a se deslocarem para os campos de concentração nos desertos da região, sobretudo no deserto de Deir AL-Zor. Muitos morreram no caminho ou foram atacados pelas próprias tropas turcas.

Com o fim da Primeira Guerra Mundial, a Armênia foi anexada à então URSS. Entretanto, os povos armênios que permaneceram nas regiões centrais da Turquia foram novamente perseguidos. Essa política durou até 1923.

Fontes:
História do Mundo-Genocídio Armênio
Genocídio Armênio-O que foi o Genocídio Armênio

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Félix Ferrà disse:

    Parabéns! Este genocídio precisa ser mais divulgado e conhecido, para contrabalançar a resistência dos turcos em admití-lo, até hoje.

  2. laercio disse:

    O que vemos no Brasil não é diferente mas acontece de outra forma.

    Por dia morrem no Brasil milhares de pessoas vitimadas por coisas diversas que são provocadas por negligência ou interesse indireto do estado brasileiro.
    Sim! Interesse sim! Porque quando a política quer ela interrompe o que está contra seus interesses!.

    Além de ocorrer tal genocídio no Brasil ele ocorre de forma mais cruel porque não é declarado; com máscara de democracia, por dia, mata milhares e humilha milhões.

    O problema no Brasil é bem mais cruel do que os ocorridos na Europa…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *